Corcovado terá venda de ingressos até nos Correios

Em nova tentativa contra dificuldade de acesso, bilhetes para o trenzinho poderão ser comprados também nas lotéricas, em quiosques da Riotur e pela internet

Por O Dia

Rio - A novela sobre a venda dos ingressos para o trem do Corcovado ganha um novo capítulo, na tentativa de organizar o acesso ao monumento às vésperas de eventos internacionais como a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude.

As vendas nas bilheterias da Estação do Cosme Velho voltaram a ser suspensas, para evitar tumultos no local, e só podem ser feitas pela internet, até a próxima segunda-feira, quando os bilhetes poderão ser comprados em um quiosque da RioTur na Avenida Atlântica, em frente ao Copacabana Palace.

Em 17 de junho, começam as vendas nas 400 casas lotéricas do Rio. E, em julho, estarão disponíveis nas agências dos Correios.

Além disso, a prefeitura pretende instalar painéis eletrônicos, que informarão o número de ingressos disponíveis, em locais estratégicos, para acesso por vans. Assim, os turistas poderão saber o tempo de espera para subir ao Cristo.

Turistas na estação de trem do Corcovado%3A novos pontos de venda de ingresso podem facilitar acesso ao CristoCarlo Wrede / Agência O Dia

Além disso, informativos em táxis e agentes da Riotur vão ajudar na comunicação aos cariocas e turistas.

Os sites www.corcovado.com.br e www.paineirascorcovado.com.br terão informações em inglês e espanhol. “Todas as providências que a prefeitura está tomando são em busca de melhoria do serviço aos visitantes. Em um primeiro momento sabemos que haverá transtornos, mas, aos poucos, as pessoas vão se adaptar às novidades e vão aproveitar o passeio com mais conforto”, garantiu o secretário de governo, Rodrigo Bethlem.

A confusão sobre a venda de ingressos começou no dia 21 de maio quando o prefeito Eduardo Paes baixou um decreto estipulando que a venda para o trenzinho seria exclusiva pela internet. Três dias depois, a medida foi revogada.

“Tive que o usar o meu cartão de crédito e CPF para comprar mais de 20 entradas e não pude repassar o valor para o turista”, reclama a guia de turismo Margrit Buse. O casal inglês Alex Nivead e Hannah Robinsons não conseguiu comprar pelo site. “A página era complicada. O ideal é ter várias opções”.

Pão de Açúcar só pelo site

Outro ponto turístico que planeja mudanças é o Pão de Açúcar. Para o período da Jornada Mundial da Juventude, em julho, ingressos serão vendidos só pela internet. A ideia é manter a venda programada no futuro, mas como apoio à bilheteria.

O bondinho funcionará em horário estendido de acordo com a demanda diária. A compra dos bilhetes será por faixas de horário no site Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br).

Para o presidente da ABAV, Georges Irmes, manter a venda só pela internet no caso do Cristo seria um erro: “Precisamos diversificar as plataformas de vendas ”.

Últimas de Rio De Janeiro