Novo prefeito de Teresópolis garante choque de gestão

Recém-eleito, Vinicius Claussen garante administração eficiente para superar crise

Por LUIZ ALMEIDA

Entre as ações do futuro chefe do Executivo, investimentos na agricultura e no turismo, além da revisão de diversos contratos de concessão
Entre as ações do futuro chefe do Executivo, investimentos na agricultura e no turismo, além da revisão de diversos contratos de concessão -

Rio - Recém-eleito prefeito de Teresópolis, Vinicius Claussen se prepara para árdua jornada. Nos próximos dois anos e meio, o futuro chefe do Executivo vai se desdobrar para 'arrumar a casa' e superar a crise político-institucional dos últimos tempos. Não à toa, ainda terá de colocar as contas em dia e adotar uma série de medidas para fazer com que a cidade volte a crescer e, por tabela, retome a geração de emprego e renda.

Ciente dos desafios pela frente, Vinicius Claussen adianta que pretende iniciar um ciclo de transparência, com participação da sociedade em todas as decisões administrativas. Segundo ele, a primeira medida será um choque de gestão. "Realizaremos auditoria nas contas da prefeitura com auxílio do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado. Afinal, o que sabemos é que existe um rombo de mais de R$ 70 milhões", conta.

Vinicius Claussen apresentará pacote de parcerias público-privadas em diversas áreas da administração, com ênfase na iluminação pública e turismo. O novo prefeito ainda destaca que os contratos de concessão de transporte público, coleta e destinação do lixo e merenda escolar serão revisados. "Teremos secretariado técnico, auditando contratos e comissões, tornando a arrecadação mais eficiente", salienta.

Saúde e Educação

Vinicius Claussen também adianta que será criada força-tarefa exclusiva para o sistema de saúde. Segundo ele, o vice-prefeito, Dr. Ari Boulanger, estará junto ao futuro secretário da pasta. "Essa força-tarefa irá durar enquanto a principal porta de entrada da saúde, a UPA, estiver em estado de calamidade", pondera.

Para o sistema de educação, o futuro prefeito garante que serão tomadas diversas medidas. Entre elas, a abertura de escolas em horários alternativos para a realização de atividades complementares, como esporte, cultura e lazer, e maior valorização de todos os profissionais. "E vamos implantar a educação empreendedora com noções básicas de empreendedorismo a partir do ensino fundamental", cita.

Outra frente de trabalho será a agricultura. O novo prefeito avisa que vai incentivar a produção de culturas com maior valor agregado, além de melhorar as estradas do interior. "Vamos tornar Teresópolis a capital do lúpulo, considerado o ouro verde", ensina.

No turismo, Vinicius Claussen pretende fazer com que Teresópolis volte a ser a cidade dos festivais. Outra medida é, em parceria com a CBF, abrir o centro de treinamento da Granja Comary para visitação. "O município está abandonado, precisamos de limpeza, iluminação e conservação de logradouros", enumera.

Tetraneto de antigo prefeito

Estreante na política, Vinicius Claussen concorreu ao cargo pelo Partido Popular Socialista (PPS). Empresário, já foi presidente do Teresópolis Convention & Visitors Bureau e ex-diretor do Associação Comercial, Industrial e Agrícola.

Aos 39 anos, Vinicius Clausse vem a ser tetraneto de Henrique Fernando Claussen, ex-vereador e antigo chefe do Executivo municipal por três vezes 1892, 1901 e 1903 , cargo que equivale hoje ao de prefeito.

Galeria de Fotos

Renato Augusto em atividade no CT do Tottenham: meia corre contra o tempo Lucas Figueiredo/CBF
Entre as ações do futuro chefe do Executivo, investimentos na agricultura e no turismo, além da revisão de diversos contratos de concessão Divulgação
Agricultura em Teresópolis Divulgação

Comentários

Últimas de O Dia no Estado