Do Brasil para a Rússia

Alunos do Estado do Rio participam do WorldSkills Competition, uma das principais competições de educação profissional do mundo

Por O Dia

Estudantes que estão no WorldSkills Competition concorrem nas modalidades de Soldagem e Joalheria
Estudantes que estão no WorldSkills Competition concorrem nas modalidades de Soldagem e Joalheria -
Rio - Do Estado do Rio para Kazan, na Rússia. Dois jovens fluminenses vão representar o Brasil na edição 2019 da WorldSkills Competition, uma das principais competições de educação profissional do mundo. O evento começa hoje e vai até o próximo dia 27, e reunirá estudantes de 63 países em 56 modalidades educativas.
A equipe que irá representar o Brasil na WorldSkills Competition é formada pelos estudantes Victor Ribeiro, de 20 anos, e Ralph Crespo, de 21. Ambos são alunos do sistema Firjan Senai. O primeiro estuda na unidade Maracanã, no Rio, enquanto o segundo na de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.  
Victor Ribeiro e Ralph Crespo vão competir nas modalidades Joalheria e Soldagem, respectivamente. A dupla enfrentará representantes de mais de 15 países, como China, Alemanha, Inglaterra e Canadá, entre outros. Na WorldSkills Competition, eles precisarão demonstrar habilidades individuais e coletivas para superar os desafios de suas profissões dentro de padrões internacionais de qualidade.
Para competir na WorldSkills Competition, a dupla treina desde janeiro no Senai Nacional, em Brasília. Os treinos são de segunda sábado, de 8h às 19h, onde os jovens têm recebido orientação técnica e aulas de aperfeiçoamento profissional de cada uma das ocupações — Joalheria e Soldagem.
"Tenho certeza que todo esse tempo de treino e todo apoio que tive dos instrutores fez com que eu adquirisse o conhecimento necessário para vencer. Estou preparado para representar o país da melhor maneira possível", destaca Ralph Crespo. "Estou confiante. Batalhei muito e espero trazer o ouro para o país", avisa Victor Ribeiro. 
SELETIVA
Estudantes que desejam participar da WorldSkills Competition precisam passar por diversas etapas classificatórias. Elas são realizadas na própria escola dos alunos e, em seguida, há as etapas regional e estadual, além da seletiva nacional. Por fim, a mundial.
Em cada uma das etapas, os estudantes fazem provas que reúnem conhecimentos, habilidades e atitudes para superar desafios em sua área de formação, dentro de prazos e padrões de qualidade e produtividade requeridos pelo mercado.
 

Galeria de Fotos

Estudantes que estão no WorldSkills Competition concorrem nas modalidades de Soldagem e Joalheria José Paulo Lacerda
Treinamento para a WorldSkills 2019 José Paulo Lacerda

Comentários