Ex-prefeito de Quissamã na lista suja do Tribunal de Contas

Armando Carneiro foi condenado em, pelo menos, dois processos

Por O Dia

Rio - O ex-prefeito de Quissamã, Armando Carneiro, teve o nome incluído na lista suja do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) em função de contas julgadas irregulares pelo órgão colegiado. Armando Carneiro foi condenado em, pelo menos, dois processos relativos ao período em que foi prefeito da pequena cidade do interior.
Armando Carneiro foi condenado em débito e multa no processo 212241-6/2009, que trata de inspeção convertida em tomada de contas, na qual constatou-se dano ao erário na contratação de órgãos de imprensa. O ex-prefeito também foi condenado em débito e multa no processo 215990-4/2006, que trata de contrato convertido em tomada de contas, onde também foi verificado dano ao erário na contratação de empresa alimentícia.
Na prática, por constar na lista suja do TCE, o ex-prefeito estaria impedido de disputar a eleição municipal. Embora possa recorrer, a possível candidatura de Armando Carneiro está em risco por causa da Lei da Ficha Limpa, que impede a eleição de candidatos condenados por órgãos colegiados como é o caso dos Tribunais de Contas.

Comentários