Mais Lidas

Implante dentário ajuda na recuperação da autoestima

Metade dos brasileiros têm perda dentária grave. Idosos são os mais afetados

Por

Com o avanço da idade, é comum encontrar idosos que sofrem com a perda de um ou mais dentes. Em casos extremos, onde a perda é total, costumam recorrer ao uso de dentaduras ou próteses móveis, que nem sempre são confortáveis e práticas. No Brasil, metade da população adulta tem perda dentária grave. Segundo o IBGE, 41,5% das pessoas acima de 60 anos já perderam todos os seus dentes.

Neste caso, uma boa opção é o implante, indicado para pacientes com condições bucais desfavoráveis, que sofrem com limitações estéticas e funcionais. "O tratamento consiste de uma prótese total fixa por intermédio de implantes dentários, onde se restabelece totalmente a mastigação, estética e harmonia facial com conforto e segurança", afirma a cirurgiã dentista Alessandra Cohen.

Cansada dos problemas na mastigação, além da questão estética, a cabeleireira Amélia Conceição, de 63 anos, optou pelo implante imediato. Segundo ela, foi a melhor escolha. "Como sou dona de um salão, não poderia me ausentar por muito tempo do trabalho. Então, optei pelo implante, já que não leva muito tempo para retomarmos as atividades", disse.

CIRURGIA

A primeira etapa é a cirurgia, que é planejada por softwares a partir de uma tomografia computadorizada da arcada dentária, o que proporciona uma cirurgia minimamente invasiva. Depois dos implantes estrategicamente posicionados, é realizada a colocação da prótese.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários