Detox para os pésé a nova moda

Clínica na Tijuca é pioneira no tratamento que promete desintoxicação do corpo pelos pés

Por RODRIGO TEIXEIRA

Sessão de 30 minutos custa de R$ 100 a R$ 120 -

Rio - A desintoxicação iônica ou detox para os pés, como também pode ser chamada é um tratamento que tem como objetivo desintoxicar o corpo por meio dos pés. Já é sucesso no Rio. A esteticista Maria de Fátima, que comanda a clínica de estética Flor da Pele, na Tijuca, fala da nova técnica e da alegria de ser pioneira na Cidade Maravilhosa.

"Uma alegria nós sermos os pioneiros nessa técnica aqui no Rio. O detox para os pés tira os íons positivos e repõe os negativos. Estimula uma melhor qualidade de vida e funcionamento do corpo", afirma a especialista. O preço da desintoxicação iônica pode variar de acordo com o local onde é realizada. Na clínica Flor da Pele, a sessão custa entre R$100 e R$120. A duração é de aproximadamente 30 minutos.

Maria de Fátima explica que a pessoa coloca os pés em um recipiente com água salgada, onde se encontra um aparelho de última geração para fazer a desintoxicação iônica. "O método é surpreendente para a limpeza e desintoxicação do corpo. Busca promover uma sensação de bem-estar para a pessoa ao fim da sessão", argumenta.

Após o tratamento, é possível visualizar na água a quantidade de gordura e secreções eliminados através das cores. "Se a água ficar preta ou verde, pode indicar que há toxinas na vesícula biliar ou no fígado. Por outro lado, se a água ficar laranja, poderá indicar problemas nas articulações, como artrite e doenças musculares", finaliza a especialista.

A cabeleireira Rayza Lima, de 27 anos, que está em sua segunda sessão , já nota os benefícios, como a melhora da circulação sanguínea, diminuição do estresse e ansiedade. "Sou paciente oncológica. Tive câncer no ovário e fiz três cirurgias nos últimos anos. Meu corpo ainda tem muita química. Esse detox foi muito positivo para a minha saúde. Observei até que a minha imunidade melhorou", conta.

CONTRAINDICAÇÕES

Pessoas que fizeram transplantes de órgãos e tomam medicamentos anti-rejeição, com marca-passo, mulheres grávidas e crianças com menos de 8 anos não devem realizar esse tipo de procedimento. Nesses casos, é importante buscar auxílio de um médico para que seja indicada a melhor forma de haver a desintoxicação.

Comentários

Últimas de Vida Saudável