Entenda como é a cirurgia que corrige orelhas de abano

Procedimento é realizado em ambulatórios e a alta é dada poucas horas depois

Por O Dia

Cirurgia é indicada para crianças a partir 6 anos de idade
Cirurgia é indicada para crianças a partir 6 anos de idade -

Rio - A otoplastia, cirurgia de correção da orelha de abano, é a intervenção estética mais realizada em crianças, mas também é muito feita em adultos. As orelhas saltadas podem provocar brincadeiras de mau gosto na escola e bullying, atrapalhando o desenvolvimento da autoestima e autoconfiança. Ao completar quatro anos de idade, as cartilagens das orelhas já alcançaram 90% do seu tamanho, mas o recomendado é que o procedimento seja realizado a partir dos seis e sete anos, fase em que a criança começa a demonstrar desconforto com a sua aparência.

“Como em qualquer cirurgia, é importante que o paciente demonstre interesse, por isso, só a vontade dos pais não é suficiente”, explica Fernando Bianco, membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Além disso, o pós-operatório requer cuidados e pode ser incômodo. “Durante uma semana, ela deve usar uma faixa de proteção em volta das orelhas para mantê-las na posição correta e evitar o inchaço. Depois, ainda será preciso fazer curativos, até tirar os pontos”, conta Bianco.

A cirurgia costuma ser realizada em ambulatórios e a alta é dada poucas horas depois, já que o procedimento não envolve muitos riscos. As cicatrizes são praticamente invisíveis, pois os pontos ficam atrás da orelha. “A melhor época para submeter às crianças a esse tipo de procedimento é nas férias escolares. Assim, ela terá em torno de dois meses para se recuperar. Vale lembrar que apostar em uma equipe médica competente e qualificada faz toda a diferença para o bom resultado”, finaliza.

Últimas de Vida Saudável