Roupa Nova se apresenta amanhã no Barra Music e anuncia CD duplo

Álbum trará versões de canções dos anos 60, além de textos com a história do grupo

Por daniela.lima

Rio - Dono de um dos maiores acervos de sucessos da música brasileira, o Roupa Nova prepara novo e ousado projeto. A banda, que toca amanhã no Barra Music, vai lançar um CD duplo com versões de canções dos anos 60, além de textos falados, contando a própria história através do personagem de um menino. A obra metafórica do grupo, que está junto há 35 anos com a mesma formação, começará, vejam só, com uma briga no estúdio. 

O Roupa%3A Serginho (E)%2C Kiko%2C Nando%2C Ricardo%2C Cleberson e PaulinhoMarcos Hermes


“É claro que brigamos muito, mas sempre pensando em como fazer as coisas. Somos uma comunidade onde nada é imperativo e ninguém é tolhido. É uma relação que envolve dinheiro, criatividade, decisões diárias e difíceis. Acho que, de fato, nos amamos”, diz Nando, 70 anos, baixista, cantor e compositor de canções como ‘Coração Pirata’.

A turnê que comemora as mais de três décadas na estrada, fazendo atualmente cerca de 11 shows por mês, segue o modelo inevitável para um grupo como o Roupa, que vai enfileirar hits como ‘Dona’, ‘Coração Pirata’, ‘Começo, Meio e Fim’, ‘Whisky a Go Go’, ‘Sapato Velho’, ‘Lumiar’, ‘Volta Pra Mim’, ‘A Força do Amor’, ‘Seguindo no Trem Azul’ e ‘Nos Bailes da Vida’, que foi composta por Milton Nascimento para o grupo.

“O nosso número de sucessos é muito grande, são mais de 30 temas de novelas, e pelo menos 15 músicas obrigatórias, que o público exige. É um acervo que atropela as novidades. Não há como subir no palco do Barra Music, numa quinta-feira, sem tocar todas que o público quer cantar junto”, afirma Nando.

Formado por Cleberson Horsth, Paulinho, Ricardo Feghali, Nando, Serginho Herval e Kiko, o Roupa Nova já vendeu mais de 20 milhões de unidades com 16 álbuns de estúdio, cinco álbuns ao vivo, um EP, 15 coletâneas e cinco DVDs.

Entre os feitos dignos de nota, está a interpretação do ‘Tema da Vitória’, imortalizado pela Rede Globo nas vitórias de Ayrton Senna, e o tema do Festival Rock in Rio, gravado originalmente pelo Roupa em 1985.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia