Mais Lidas

Vingadores, X-Men, Deadpool e Quarteto Fantástico poderão estar no mesmo filme

Compra da Fox pela Disney foi oficializada nesta quinta-feira. Com isso, os heróis 'Vingadores' podem unir-se às franquias 'X-Men' e 'Quarteto Fantástico', por exemplo

Por tabata.uchoa

Rio - O grupo Walt Disney oficializou a compra de parte do 21st Century Fox nesta quinta-feira e deixou o mundo do entretenimento em polvorosa. O acordo bilionário inclui o estúdio cinematográfico 20th Century Fox e a produtora televisiva 20th Century Fox Television, além de canais de TV por assinatura como FX e National Geographic. 

Mas o que isso quer dizer? Isso quer dizer que agora a Disney possui os direitos cinematográficos das franquias "Deadpool", "Quarteto fantástico" e "X-men", da Marvel, que antes pertenciam a Fox. 

Wolverine e os 'X-Men' poderão fazer parte do mesmo universo cinematográfico que 'Os Vingadores'Divulgação

Antes da compra, nem todos os heróis da Marvel podiam fazer parte do mesmo universo no cinema, já que os seus direitos pertenciam a empresas diferentes. Mas agora isso acabou. Quadrinhos  como "Vingadores vs X-Men" poderão ser adaptados para o cinema, uma vez que, com a fusão, "X-Men" e "Vingadores" são ambos da Disney.  

Mas também pode ser que aconteça alguma confusão. O ator Chris Evans viveu o personagem Tocha Humana, de "Quarteto Fantástico", que antes era da Fox, nos dois primeiros filmes da franquia. Atualmente, ele dá vida ao personagem Capitão América, dos Vingadores, que sempre foi da Disney, podendo gerar complicações caso "Quarteto Fantástico" e "Vingadores" apareçam no mesmo filme. 

Outro caso é o do ator Josh Brolin, que tem papéis importantes em duas produções que vão estrear em 2018. Ele será o vilão Thanos, em "Vingadores: Guerra Infinita", que é tocado pela Disney. E também será Cable, em "Deadpool 2", que era da Fox.

O grupo Walt Disney também passa a ser dono das séries "Uma Família da Pesada" e "Os Simpsons" e de produtos para uma faixa etária mais alta, como "American Horror Story" e "Homeland".  


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia