Emoção vai até o fim em 'Deus Salve o Rei'

Novela global acaba nesta segunda-feira, com muitas reviravoltas ao longo dos 174 capítulos

Por Gabriel Sobreira

Catarina (Bruna Marquezine) e Amália (Marina Ruy Barbosa): irmãs por parte de pai
Catarina (Bruna Marquezine) e Amália (Marina Ruy Barbosa): irmãs por parte de pai -

Rio - Troca de protagonista (saída de Renato Góes e entrada de Romulo Estrela), incêndio que destruiu parte da cidade cenográfica meses antes da estreia, críticas à vilã chamada de "robô" no começo da novela, entrada de um supervisor de texto (Ricardo Linhares), personagens limados para dar mais agilidade à trama. A novela 'Deus Salve o Rei' chega ao fim hoje, na Globo, com bastidores tão movimentados quanto as reviravoltas dos 174 capítulos exibidos em pouco mais de sete meses no ar.

Porém, a história de Daniel Adjafre teve outros tantos acertos: o elenco que vestiu a camisa, a audiência fiel na última quinta-feira, em SP, deu 31 pontos com 44% de participação , a forte presença nas redes sociais. E o folhetim também trouxe efeitos realistas e inovou com a ajuda de uma tenda e cortinas que controlavam a iluminação da cidade cenográfica, imprimindo uma luz europeia em plena cidade do Rio.

"Desde o início, eu imaginei um local fictício e um ano não determinado justamente para não ficar refém do rigor histórico. O mais importante era fazer com que as pessoas se identificassem com as tramas e personagens, traçar paralelos consistentes com a época atual. E acho que funcionou", analisa o autor Daniel Adjafre.

DIFICULDADES

Bruna Marquezine, a Catarina, antagonista da história, conta que é bom ver fãs torcendo para que sua personagem se dê bem, apesar da ex-nobre ter feito tudo e mais um pouco em busca de poder.

"Sabemos o quanto foi difícil o início da minha Catarina, o quanto a gente se arriscou, se entregou, o quanto foi sofrido encontrar uma personagem tão complexa como ela", observa a morena, em um bate-papo na rede social da novela.

"Eu nunca imaginei que a vilã fosse exigir tanto no sentido emocional. É desgastante, uma carga muito pesada", acrescenta ela, que destaca as lições deixadas pela personagem: "Aprendi muito como profissional, e deixou lições para o público de até que ponto essa ganância e o desejo pelo poder são prejudiciais".

Para a intérprete da mocinha da história, Marina Ruy Barbosa, que dá vida a Amália, o mérito todo da trama é do diretor artístico Fabrício Mamberti. "Ele é o maestro dessa sinfonia, ele tem um espírito de líder que abraça. Fazer novela é complicado, a gente faz um filme por dia. Gravamos 30 cenas por dia. Mas ter uma qualidade de novela como 'Deus Salve o Rei' no ar é muito desafiante. Obviamente é cansativo para todo mundo que está no processo, mas quando vemos o resultado, a repercussão, isso faz toda a diferença", comemora.

ELOGIOS

Mamberti conta que o ponto forte do folhetim é que, desde o começo, foi construído um conceito forte de grupo. "Finalizamos uma cena tão emblemática que vocês vão ver na segunda-feira. Rodamos duas vezes, e quando fechou o primeiro plano, estava todo mundo em lágrimas por causa da explosão de emoções contidas durante os 174 capítulos", acredita o diretor, que se rasga em elogios para a protagonista. "Essa menina (Marina) tem uma coisa nos olhos, é um profissionalismo. Gravou de segunda a sábado, chegando às 6h da manhã até 20h, com o texto, não abandona nenhuma cena. Marina você é um exemplo", derrete-se.

A ruiva conta que sempre se entrega por completo nas cenas. "Isso é, às vezes, excessivo. Sou muito perfeccionista, obsessiva, me cobro muito, de dar o meu melhor. Amo muito atuar. O segredo para as minhas cenas é você amar o que faz, tentar dar o seu melhor, nunca parar de correr atrás, estudar, nunca ficar acomodada", ensina.

SAUDADES

Com o clima de saudade tomando conta de todos da equipe, Bruna Marquezine afirma que sentirá falta dos parceiros de cena.

"Fiz grandes amigos nesse meio. Vou sentir falta também das oportunidades que a Catarina me dava como atriz, tive chances em cena de me arriscar, criar. Isso vou sentir saudade. Ela foi um dos maiores desafios da minha carreira", frisa, com orgulho. "É muito doido porque no último dia de gravação, você sai e fala: 'haha... férias'. E no dia seguinte, você acorda e pensa: 'está faltando alguma coisa, cadê meu aplique, meu vestido longo?'. Vou 'roubar' algum (vestido)", brinca.

Marina também sentirá falta dos colegas. Ela lembra que, recentemente, esteve na cidade cenográfica e que deu um flashback de tudo que o elenco viveu lá. "Quando você assistirem ao último capítulo, vão entender. É uma sensação do tipo: 'nossa, chegamos até aqui, mas olha tudo que passamos. É uma mistura de emoções", diz a ruiva. E faz ainda uma sugestão. "Daqui a alguns anos, se preparem, 'Deus Salve o Rei 2'", torce.

Galeria de Fotos

Catarina (Bruna Marquezine) e Amália (Marina Ruy Barbosa): irmãs por parte de pai Sergio Zalis/TV Globo
Marina Ruy Barbosa e Bruna Marquezine Ag. News

Comentários

Últimas de Diversão