Urbanito vende cerveja, mas tem preocupações sociais e ambientais

Estabelecimento tem um ano e já realizou grandes projetos que mudaram a dinâmica não somente de quem frequenta o bar, mas também dos moradores da Tijuca

Por Nathalia Duarte | nathalia.duarte@meiahora.com

Rio de Janeiro 06/12/2018 - Caderno D. Bar Urbanito.Na foto: Bianca Fraga, dona do Bar. Foto: Fernanda Dias/Agencia O Dia.
Rio de Janeiro 06/12/2018 - Caderno D. Bar Urbanito.Na foto: Bianca Fraga, dona do Bar. Foto: Fernanda Dias/Agencia O Dia. -

Rio - Ser chamado de diferente para muitos pode soar como uma ofensa ou algo negativo. Mas, para Bianca Fraga, dona do Urbanito Bar, essa definição é a que melhor qualifica o estabelecimento da calma Rua Joaquim Palhares 513, loja B, na Tijuca, Zona Norte do Rio.

O Urbanito tem um ano e já realizou grandes projetos que mudaram a dinâmica não somente de quem frequenta o bar, mas também dos moradores da região. Tudo começou quando, em um mês de casa aberta, o bar foi assaltado três vezes.

"Achei que tivesse sido dinheiro jogado fora. Pensei: 'Ou a gente se muda daqui, ou a gente muda a rua inteira'. Colocamos luz, chamamos grafiteiros para pintar o muro, consertamos buraco na rua. Daí surgiu o projeto Revitaliza", explica Bianca.

E essas inovações surgem de uma empreendedora de apenas 24 anos. O bar é pensado tanto para o bem social, quanto para o ambiental. Nenhum tipo de plástico é utilizado no local, os produtos das receitas são feitos por pequenos produtores (inclusive a cerveja que a própria Bianca faz), a água do ar-condicionado é reaproveitada para lavar a calçada do local, que, por sinal, não aceita nenhum tipo de preconceito.

"A primeira frase do cardápio é: se você é racista, machista, homofóbico, por favor, não entre. As pessoas vêm pra cá porque a gente se preocupa com questões que não tem como se omitir", diz.

O Revitaliza foi o ponto de partida de outras ações, como a doação de sangue para o Hemorio, as rodas de conversas e a abertura da cozinha para refugiados. Esse último também foi realizado com mulheres que trabalham no Maré de Sabores, um projeto social que busca empoderar mulheres pela culinária. Mas a parceria não ficou somente aí. Elas serão as primeiras a serem atendidas pelo centro de apoio a empreendedores sociais que Bianca abrirá no próximo ano. A ideia é instalar energia solar no local.

"Falta muito isso no Rio. Um bar mais próximo. Gosto dessa ideia de que aqui é um bar diferente. Não somente um bar de cerveja", explica.

Galeria de Fotos

Rio de Janeiro 06/12/2018 - Caderno D. Bar Urbanito.Na foto: Bianca Fraga, dona do Bar. Foto: Fernanda Dias/Agencia O Dia. Fernanda Dias/Agencia O Dia
Bianca Fraga, de 24 anos: inovação e projeto social em um bar diferente Fernanda Dias/Agencia O Dia
Neon Reprodução
Neon Reprodução
Neon Reprodução
Novela Divulgação/SBT
Maria Gal está em 'As Aventuras de Poliana', do SBT; abaixo, em cena com Nando Cunha Pino Gomes
Neon Reprodução
Neon Reprodução

Comentários

Últimas de DMulher