Brita Brazil lança livro sobre danos mentais e físicos do Ayahuasca

Obra conta com depoimentos de 43 vítimas

Por O Dia

Brita Brazil com o filho, Rian Brito, que foi vítima do ayahuasca
Brita Brazil com o filho, Rian Brito, que foi vítima do ayahuasca -

Rio - Brita Brazil lançará, nesta quinta-feira, o livro "Relatos" no quiosque QuiQui, em São Conrado, na Zona Sul do Rio. O objetivo de BRita BRazil é alertar à população brasileira dos perigos da bebida ayahuasca, mais conhecida como Santo Daime, uma droga natural, que contém como substância alucinógena, o DMT, ilegal na Holanda, mas comercializada no Brasil e está na lista dos ópios e dos psicotrópicos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A obra surgiu após a morte drástica e precoce, em 2016, do seu filho, o baixista Rian Brito, que tinha 25 anos, neto do humorista Chico Anysio e filho do ator Nizo Neto. Segundo ela, o jovem pesquisou e como não encontrou nada que falasse sobre os efeitos colaterais, aceitou o convite do melhor amigo para experimentar. Em dezembro de 2014, teve um surto psicótico na Porta do Sol, conhecida como o Centro de Estudos Xamânicos de Expansão da Consciência.

“Quando comecei a falar sobre isso na mídia, criando a Campanha de Alerta aos Perigos do Ayahuasca, fui persistentemente agredida virtualmente por usuários e frequentadores da seita. Ninguém tem ideia do terror que vivenciamos, por um ano e quatro meses, com a doença que o meu filho adquiriu após ingerir esse ‘veneno’. Desde então, decidi me isolar para pesquisar e quero agora, com o livro, dar continuidade e poder salvar muitas vidas. Essa ação deveria ser desenvolvida pelo Governo, pois é assunto de saúde pública, e não por uma simples mãe. A grande covardia é que não avisam aos jovens que estão ingerindo uma droga, diluindo seu teor gravíssimo na água, ao usar o termo ‘chá’”, afirma BRita Brazil, que teve a honra de ter nessa publicação, a orelha escrita pelo ator Carlos Vereza.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários