Giulia Be estreia com 'Too Bad' em 'O Sétimo Guardião'

Com 19 anos e registro vocal grave, Giulia Be costuma ouvir frases como: 'Sua voz parece a de uma mulher mais velha!'

Por RICARDO SCHOTT

Giulia: contato com o Maroon 5 no Rock In Rio mudou a vida dela
Giulia: contato com o Maroon 5 no Rock In Rio mudou a vida dela -

Rio - Com 19 anos e registro vocal grave, Giulia Be costuma ouvir frases como: "Sua voz parece a de uma mulher mais velha!". "Já teve gente que comparou minha voz com a de cantoras americanas. Acho que ninguém me olha e imagina que vai sair de mim um som de voz grave", brinca a cantora carioca radicada em São Paulo. Giulia acaba de ser contratada pela Warner e seu primeiro single, 'Too Bad', já está tocando em 'O Sétimo Guardião' a ponto de deixar muita gente curiosa para saber de quem é aquela voz.

"Nas redes sociais muita gente perguntava quem cantava a música. Eu ia lá e explicava que era eu", brinca Giulia, que também canta em português. Ela toca piano e compõe desde criança. Mas a profissionalização na música veio em 2017, logo que se formou na escola, ao conhecer pessoalmente sua banda preferida, o Maroon 5. Ganhou de uma amiga um passe para o backstage do Rock In Rio e ficou conversando com o grupo. "Disse a eles que eu cantava e que a primeira música que cantei em público, na escola, foi 'Misery'. O James Valentine (guitarrista) me disse: 'Mas fui eu que escrevi essa música!' Ele tocou guitarra e eu cantei!", diz, rindo.

Uma amiga fez um vídeo de Giulia, que ela pôs no Instagram. "Depois fiz um vídeo para o YouTube que achei que ia ter três visualizações. Mas aí as pessoas começaram a me conhecer, a gravadora, o empresário. Deu certo!", conta.

Comentários