'Amor de avó é muito mais barra pesada', diz Regina Casé

Atriz afirma ser tão apaixonada pelo neto, Brás, quanto pelos filhos, Benedita e Roque. Ela é uma das protagonistas de 'Amor de Mãe', próxima novela das 21h, da Globo

Por Gabriel Sobreira

Regina Casé
Regina Casé -

Rio - Distante da correria de um estúdio de novela há 11 anos (ela fez uma participação em 'Ciranda de Pedra'), Regina Casé, 65 anos, tem cortado um dobrado para conciliar a rotina de gravações com a vida de mãe do pequeno Roque, de 6, e avó — sua filha Benedita, de 30, é mãe de Brás, de 2 anos. "Está sendo brabo. Mas me programei muito. Foi uma escolha muito pensada", diz a intérprete de Lurdes, uma das protagonistas de 'Amor de Mãe', novela das 21h, que estreia amanhã, na Globo.

A atriz estava com um programa quase pronto para entrar no ar em outubro do ano passado quando foi chamada para fazer a novela. "Falei que ia me dedicar este ano a isso. Conversei com todo mundo lá em casa e disse: 'vou sumir, mas vai ser legal'", entrega, aos risos.

Ela só não contava com que o netinho ficasse doente durante a época de trabalho. "Estava viajando, voltei que nem uma doida porque não tinha experimentado essa sensação. Conhecia o amor de mãe, mas o amor de avó é muito mais barra pesada", brinca.

Mãe madura

Questionada sobre como é ser avó, Regina diz que é tão apaixonada pelo netinho quanto pelos filhos. A atriz conta que não é do tipo de avó que deseduca, que dá doce ou coisa que não pode. "Educo, sou firme e tudo, mas brinco muito com ele".

A mãe de Benedita confessa que a educação dada ao caçula é diferente da que ela deu ao criar a primogênita. "Acho que sou uma mãe muito melhor para ele, sendo uma mãe mais velha, do que fui para Benedita. Na época dela, eu tinha muito mais medos, inseguranças, ficava apavorada. Milhões de coisas não deixava fazer, não fazia. Ser mãe mais velha é muito legal", defende.

Medo de voltar

Regina afirma que para dar uma pausa na carreira de apresentadora teria que ser em prol de uma personagem como Lurdes. Só assim ela teria coragem suficiente para largar tudo e se jogar. "Mas estava morrendo de medo porque eu realmente não convivo com isso (rotina de novela) há anos. O programa ('Esquenta!') era da Regina, com maquiador da Regina, cabeleireiro da Regina. Aqui estou em um jeito de trabalho de equipe com um monte de gente, e um jeito de trabalhar completamente diferente. Tinha medo e me perguntava: 'Como é que vou me adaptar?'. Mas está sendo um sonho, fui recebida da maneira mais carinhosa e respeitosa possível", comemora.

Guerreira

Na novela de Manuela Dias, Regina Casé interpreta Lurdes, uma nordestina humilde, mãe de três filhos. No dia em que dá à luz o quarto herdeiro, o marido dela vende um dos filhos para uma mulher no Rio de Janeiro. Quando descobre o feito, Lurdes fica desesperada, pega os filhos e parte rumo à Cidade Maravilhosa. No caminho, ela encontra um bebê abandonado e o adota imediatamente.

"Amor de mãe já é uma 'droga' poderosíssima, que amplia tanto a sua capacidade de tudo, de ver coisas que antes não via, de sentir coisas que antes não sentia. Depois de ser avó e uma mãe por adoção, vou dizer uma coisa: todo esse amor é um contato direto com um mistério", diz a atriz. "É como colocar um plugue no sagrado. Em um dia você não conhece aquela pessoa, no dia seguinte o Roque era igual a Benedita. O meu amor por ele era igual ao meu amor pela Benedita", completa.

Regina diz que achava que a relação de amor com Roque seria uma construção. "Acho que tudo na vida é uma construção. Mas amor de mãe não é, não. É um troço estranho que vem de e em um lugar maluco", frisa.

Outras lurdes

Na trama há uma passagem de 26 anos. No entanto, Lurdes não desiste de procurar pelo filho vendido pelo ex-companheiro. O coração de mãe tem esperança de reencontrá-lo. "Acho que essa personagem não pode ter nenhum momento racional. Ela é só emoção. Só coração", avalia a atriz. "A Lurdes é como a maioria das mulheres brasileiras. Não apenas as nordestinas, mas do Brasil todo. Principalmente as nordestinas, já que a vida delas é trabalhar, cuidar, defender seus filhos, tentar dar pra eles dignidade, princípio, honestidade. Acho que ela é como a maioria das mulheres do Brasil", diz.

 

Galeria de Fotos

Regina Casé João Pedro Januário/Divulgação
Vitória (Thaís Araújo), Lurdes (Regina Casé) e Thelma (Adriana Esteves) no meio da discussão em 'Amor de mãe' Globo/João Cotta
Magno (Juliano Cazarré), Camila (Jessica Ellen), Lurdes (Regina Casé), Érica (Nanda Costa) e Ryan (Thiago Martins) Globo/João Cotta
Regina Casé João Pedro Januário/Divulgação
Regina Casé João Pedro Januário/Divulgação
Lurdes (Regina Casé) e os filhos Globo/Comunicação
Lurdes (Regina Casé) reprodução
Lurdes (Regina Casé) Globo/João Cotta
Regina Casé com o neto e o filho Reprodução
Regina Casé com o neto e o filho Reprodução
Regina Casé com os filhos e o neto Reprodução
Regina Casé com o neto e o filho Reprodução

Comentários