Em Brasília, Botafogo leva gol de pênalti após VAR e perde para o Palmeiras

Tropeço contra o líder foi o segundo seguido no Brasileirão

Por O Dia

Botafogo foi derrotado pelo Palmeiras
Botafogo foi derrotado pelo Palmeiras -
Brasília - O Botafogo foi valente enquanto deu, mas, no segundo tempo, depois de uma jogada revisada pelo Árbitro de Vídeo (VAR), a equipe comandada pelo técnico Eduardo Barroca não resistiu ao Palmeiras: 1 a 0, gol de Gustavo Gómez, de pênalti, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. A interferência do recurso tecnológico causou muita revolta entre os alvinegros.
Na sétima rodada, o Glorioso terá pela frente o clássico com o Vasco, no Nilton Santos. O time da Estrela Solitária tem agora 50% de aproveitamento na competição, com três vitórias (Bahia, Fortaleza e Fluminense) e três derrotas (São Paulo, Goiás e Palmeiras).
A primeira etapa, como já era esperado, teve amplo domínio territorial do líder isolado Palmeiras, que chegou aos 18 pontos. Sem força na frente, o Botafogo não levou perigo algum à meta de Weverton. No entanto, também é preciso destacar que o clube paulista foi para o intervalo sem uma oportunidade perigosa.
Nervoso, o Botafogo caiu na pilha em campo. O árbitro amarelou oito jogadores alvinegros, principalmente depois que Deyverson disputou uma bola com Gabriel e caiu na área. A arbitragem, que tinha mostrado o cartão amarelo para o atacante palmeirense por simulação, voltou atrás na decisão, anulou a punição ao jogador e assinalou a penalidade após o Árbitro de Vídeo tomar à frente da decisão.
Apesar de tentar a todo o custo ir à frente para ao menos empatar, a consistência da defesa do Palmeiras contra a imensa fragilidade técnica do Alvinegro falou muito mais alto até o final.

Comentários