Outra chance de encostar no G-6 do Brasileiro

Fogão encara os reservas do Inter, hoje à noite, no Beira-Rio. Técnico Eduardo Barroca testa opções para o ataque

Por O Dia

Diego Souza é observado pelo técnico Eduardo Barroca no treinamento do Alvinegro
Diego Souza é observado pelo técnico Eduardo Barroca no treinamento do Alvinegro -

Estacionado no meio da tabela do Campeonato Brasileiro — atual nono colocado, com 23 pontos —, o Botafogo tem hoje, às 21h, em Porto Alegre, diante dos reservas do Internacional, mais uma oportunidade de se reaproximar do G-6.

Após o empate frustrante com a Chapecoense na segunda-feira (0 a 0, no Nilton Santos), o técnico Eduardo Barroca demonstra preocupação com o baixo rendimento da equipe pós-Copa América. Foram três derrotas (Santos 1 a 0, Flamengo 3 a 2 e Corinthians 2 a 0), dois empates (0 a 0 com Cruzeiro e Chapecoense) e duas vitórias (2 a 0 sobre o Avaí e 2 a 1 no Athletico-PR).

"A gente tem o problema que todos estão falando que é o número de gols, e reconhecemos isso. Estamos trabalhando diariamente para encontrar formas de melhorar o desempenho nesse sentido. Não sou um cara que fujo das minhas responsabilidades, entendo que essa é minha", afirmou o técnico alvinegro.

Ciente de que precisa voltar a conquistar bons resultados o quanto antes, o comandante chegou a testar mudanças no esquema do Botafogo para esse compromisso, aproveitando que o Colorado jogará com seus reservas por causa das semifinais da Copa do Brasil, na semana que vem. Entretanto, o mais provável é que mantenha a equipe que empatou com a Chapecoense, apenas com a volta de Cícero, que cumpriu suspensão, no lugar de Gustavo Bochecha.

variações no treino

Entretanto, há duas possibilidades durante o jogo: Diego Souza recuado no meio, com Vinícius Tanque de centroavante, ou Marcinho avançado com Fernando na lateral.

"Vou fazer mais alguns ajustes, mas a gente deve tramitar entre as três opções que treinei ontem. Tem o Diego Souza de meia, entrando com um centroavante. Uma segunda alternativa é a manutenção da equipe e a terceira seria a entrada do Fernando para ter uma linha de quatro mais consistente, com Marcinho trabalhando mais à frente", explicou Barroca.

O único desfalque do Botafogo é Rodrigo Pimpão, que ainda se recupera de lesão no pé direito e não viajou com a delegação alvinegra.

Comentários