Fogão precisa se superar e vencer

Desfalcado, Alvinegro pega Fortaleza motivado

Por O Dia

A impressão é de que o Botafogo ainda não estreou no returno do Campeonato Brasileiro. Foram duas derrotas nas duas primeiras rodadas — São Paulo (2 a 1), em casa, e Bahia (2 a 0), fora — e a sensação de alerta ligado. Desfalcado, o Alvinegro enfrenta o Fortaleza hoje, às 20h, no Castelão, para vencer pela primeira vez no segundo turno e evitar riscos.

O Botafogo fez um primeiro turno com oscilações: foram oito vitórias, três empates e oito derrotas. Agora, a competição irá afunilar, e o objetivo é voltar a figurar na parte superior da tabela.

Para o jogo desta noite, o técnico Eduardo Barroca terá três desfalques importantes. Gilson, expulso contra o Bahia, dá vaga ao garoto Lucas Barros na lateral esquerda. A defesa tem outro problema: Joel Carli até tem treinado com o grupo, mas ainda sente dores musculares e deve ser reserva. A dupla de zaga será formada, mais uma vez, por Marcelo Benevenuto e Gabriel. No meio, Alex Santana também desfalca por lesão. Gustavo Bochecha será o titular. Convocado por Tite para a lateral direita da Seleção Brasileira, Marcinho treinou no ataque com Barroca. Fernando será o lateral-direito.

O jogo é no mesmo Castelão onde o Botafogo empatou em 0 a 0 com o Ceará há três rodadas. Desta vez, o adversário é um Fortaleza animado pelo retorno de Rogério Ceni, que já comanda o time hoje. Por ironia, o ex-botafoguense Zé Ricardo foi o demitido.

Ceni deixou o Fortaleza em agosto para assumir o Cruzeiro, mas sua jornada em Belo Horizonte foi para ser esquecida: brigou com os medalhões do elenco e foi demitido. Dias depois, aceitou reassumir o time cearense. Lá, o ex-goleiro é idolatrado pela torcida, e com razão: conquistou a Série B do Brasileiro, a Copa do Nordeste e o Campeonato Cearense.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários