Sob o comando de Bruno Lazaroni, Botafogo recebe o Goiás nesta quarta-feira

Vindo de derrota no clássico diante do Fluminense, Glorioso tenta se reabilitar no Brasileirão enquanto procura um substituto para Barroca. Nome de Enderson Moreira ganha força

Por O Dia

Bruno Lazaroni vai comandar o Botafogo contra o Goiás: pressionado, Alvinegro vem de quatro derrotas
Bruno Lazaroni vai comandar o Botafogo contra o Goiás: pressionado, Alvinegro vem de quatro derrotas -
Rio - Com o nome de Enderson Moreira, ex-Ceará, ganhando força para substituir Eduardo Barroca, o Botafogo terá mais um compromisso pelo Campeonato Brasileiro hoje, às 19h15, quando recebe o Goiás, no Nilton Santos, sob o comando de Bruno Lazaroni. Vindo de uma derrota por 1 a 0 no clássico diante do Fluminense, no domingo, o Alvinegro tenta se recuperar no campeonato com o auxiliar permanente do clube à frente da equipe. Não está descartada a sua efetivação por ele conhecer o grupo. O Glorioso está na 12ª posição na tabela, com 27 pontos.
Enderson Moreira foi o nome que ganhou força ontem. Em função dos cinco jogos sem vencer — empate com o Ceará (0 a 0) e derrotas para São Paulo (2 a 1), Bahia (2 a 0), Fortaleza (1 a 0) e Fluminense (1 a 0) — e da queda de rendimento da equipe, os dirigentes pensaram em Alberto Valentim, hoje no Avaí e que deixou General Severiano em junho de 2018 por uma excelente proposta financeira do Pyramids, do Egito.
Consultado por Anderson Barros, gerente de futebol do Botafogo, o presidente do clube catarinense, Francisco José Battistotti, revelou em quais condições aceitaria liberar Valentim. "Disse que não tinha problema algum. É só pagar a multa (três ou quatro salários do treinador). O contrato vai até o fim do ano e já estamos apalavrados para 2020", disse, à Rádio Brasil.
Diante desse cenário, o Alvinegro não vai gastar mais dinheiro por causa da questão recente de salários atrasados de jogadores e demais funcionários. Por isso, Enderson foi para o topo da lista.
PM evita nova invasão
Durante a atividade de ontem, no campo anexo do Niltão, um grupo de 20 torcedores tentou invadir o estádio para outra sessão de cobrança aos jogadores e à comissão técnica. Segundo o site 'Globoesporte.com', a confusão começou depois que os alvinegros forçaram a entrada pelo Setor Norte, mas foram impedidos pela intervenção da Polícia Militar, que reforçou a segurança no local com três viaturas.

Comentários