Dirigente do Botafogo diz que Robben ainda pode jogar no clube: 'Ele ficou bastante sensibilizado'

Jogador está sem clube até o momento

Por O Dia

O craque holandês Arjen Robben, ex-Bayern de Munique, Real Madrid e Chelsea, entrou na mira do Botafogo. Aposentado desde junho de 2019, o atleta foi procurado por Ricardo Rotemberg, VP de Marketing do Alvinegro para voltar aos gramados. Seedorf, Tévez e Forlán são outros craques estrangeiros que atuaram no Brasil. Confira a lista:
O craque holandês Arjen Robben, ex-Bayern de Munique, Real Madrid e Chelsea, entrou na mira do Botafogo. Aposentado desde junho de 2019, o atleta foi procurado por Ricardo Rotemberg, VP de Marketing do Alvinegro para voltar aos gramados. Seedorf, Tévez e Forlán são outros craques estrangeiros que atuaram no Brasil. Confira a lista: -
Rio - O Botafogo desistiu oficialmente da contratação do volante marfinense Yaya Touré, no entanto ainda não deixou de sonhar em trazer um grande jogador com história na Europa para o clube. Em entrevista ao canal do Youtube, Jorge Nicola, Ricardo Rotenberg vice-presidente comercial e de marketing do clube, não descartou a chance de contar com Arjen Robben.
"Sou fã dele, para mim foi o melhor jogador da Copa do Mundo no Brasil. O Robben vai ser um projeto para a S.A., se eles quiserem, vai depender. Minha esperança não é para esse ano, porque ele já disse que não volta esse ano. Minha esperança é ter, com a empresa, propondo algo mais interessante depois, mas isso não vai depender de mim, e sim dos investidores. Ele ainda tem muito mercado, se resolver voltar a jogar. (O interesse do Botafogo) Repercutiu muito na Europa. O nome do Botafogo saiu na Europa inteira. Não foi em vão, jogamos um sonho na cabeça dele", afirmou.
"Ele ficou bastante sensibilizado e disse que, caso voltasse, que ele iria ouvir a proposta. Ele ganhava uns dez caminhões de dinheiro do Bayern, não seria uma coisa muito simples, mas seria espetacular. Está com 36 anos, se cuida, está treinando. O cara não vai vir para o Botafogo ganhar o melhor salário do mundo, porque na China iria ganhar dez vezes mais, na Arábia seis vezes mais. Ele vai sensibilizar pelo projeto Botafogo, de jogar no Brasil, de vir para o Rio de Janeiro", acrescentou Rotenberg.
Além do holandês, o clube ainda tenta a contratação do nigeriano Obi Mikel. O dirigente explicou o motivo do interesse por esses jogadores.
“Não consigo deixar de pensar o Botafogo como gigante. Para sair da crise, tem que pensar grande. Não se sai da crise se ficar pequenininho. Não vou trazer o Zé das Couves que joga no interior de São Paulo achando que seria uma solução melhor do que o Robben. Se for para pensar pequeno, estou fora. O Robben se paga”, completou.

Comentários