Dirigente do Botafogo pede voto de confiança em transformação para S/A

Ele afirma que a pandemia do novo coronavírus atrasou o processo de transformação

Por O Dia

Marco Agostini
Marco Agostini -
Rio - A transição do Botafogo para S/A foi afetada pela pandemia do novo coronavírus, como disse o vice-presidente de futebol e membro do Comitê Executivo do clube Marco Agostini, em entrevista para a Botafogo TV. Agostini pediu um voto de  confiança aos torcedores para este processo que está na "fase final".
"É claro que a pandemia atrapalhou muito o processo, imaginamos que teria uma velocidade maior e o projeto sofreu algumas modificações. Todo planejamento, em todos os setores, teve remodelagem. O projeto S/A continua na fase final, as pessoas que estão vivendo estão engajadas e eu confio nelas, todos acreditam nesse projeto. Na hora certa tenho certeza de que ele vai acontecer e da melhor forma possível para o Botafogo. Peço à torcida que acreditem no Botafogo do futuro", afirmou Agostini.
O dirigente, assim como o treinador Paulo Autuori, acredita que um bom campeonato brasileiro auxiliará o processo de transformação do clube.

Comentários