Colômbia sua a camisa para se classificar

Vitória por 1 a 0 sobre o Catar garante ida às quartas de final da Copa América

Por O Dia

Após o belíssimo cartão de visita na estreia da Copa América, ao bater a Argentina por 3 a 1, em Salvador, a Colômbia suou a camisa para vencer por 1 a 0 o Catar, ontem, no Morumbi. Com 100% de aproveitamento, a seleção 'cafetera' confirmou a vaga nas quartas de final, com uma rodada de antecedência.

A magistral assistência de trivela de James Rodríguez para o gol de Dúvan Zapata garantiu o lance mais belo do jogo, mas não valeu o ingresso. Pelo menos de acordo com a procura do público.

Muito distante dos 37 mil ingressos vendidos anunciados pela Conmebol, na terça-feira, o Morumbi registrou o pior público pagante dos três jogos que abrigou na Copa América: 22.079. O alto valor das entradas, que ontem variavam entre R$ 120 e R$ 350, continua mantendo boa parte da torcida à margem da competição que voltou ao Brasil depois de 30 anos.

Quem coçou o bolso não deve ter ficado muito satisfeito com o futebol apresentado em campo. País-sede da próxima Copa do Mundo, em 2022, o Catar voltou a surpreender pela organização e poder de marcação diante de nomes consagrados na Europa, como Cuadrado (Juventus-ITA), James Rodríguez (Bayern de Munique-ALE) e Falcao Garcia (Monaco-FRA), que iniciou o duelo no banco de reservas.

Depois de buscar o empate por 2 a 2 com o Paraguai, que chegou a abrir 2 a 0, no Maracanã, o Catar voltou a fazer jogo duro. Com uma eficaz retranca, não deu espaço e correu poucos riscos ao longo do confronto no Morumbi.

Do torcedor foi exigida muita paciência para acompanhar uma jogada de craque capaz de mudar o panorama. E foi o que James Rodríguez fez. Aos 40 minutos, ele acertou um lançamento de cinema para Dúvan Zapata, de cabeça, vencer o goleiro Al-Sheeb e abrir o placar. Agora, com dois gols, o camisa 7 é o artilheiro da Colômbia na Copa América.

Classificados, 'Los Cafeteros' enfrentarão o Paraguai no domingo, às 16h, na Fonte Nova. Nos mesmos dia e horário, o Catar, que soma um ponto, precisará vencer a Argentina, na Arena do Grêmio, para avançar às quartas.

Comentários