Ronaldo Fenômeno - Reprodução
Ronaldo FenômenoReprodução
Por O Dia

São Paulo - O ex-meia Zinho polemizou ao afirmar que Ronaldo não deveria ter sido convocado para a Copa de 94. O ex-jogador, que esteve na conquista do tetracampeonato da Seleção nos EUA, deu a declaração na edição deste sábado do 'Expediente Futebol', da Fox Sports.

O comentário de Zinho surgiu durante um debate sobre a atuação de Mbappé, atacante de 19 anos que marcou dois gols na vitória da França sobre a Argentina. Ao comparar os jogadores, o ex-meia lembrou que o Fenômeno, então com 17 anos, sequer entrou em campo no Mundial dos EUA.

Zinho afirmou que Ronaldo não deveria ter sido convocado para a Copa de 94 - Zinho

"Na minha opinião, o Ronaldo não deveria ter sido convocado para aquela seleção. Tinha atacantes, como Evair e Edmundo, que viviam momento melhor do que ele", disse o ex-jogador de Palmeiras, Cruzeiro e Flamengo.

Em seguida, Zinho completou. "Mas ele tinha um potencial incrível, era aquele jovem, a seleção sempre ia com uma revelação. Ele foi, mas não jogou porque tinha atacantes na frente dele, como o Müller, o próprio Viola. Era mais difícil para ele jogar. Depois, o que ele se tornou, o Fenômeno como nós chamamos, campeão do mundo em 2002, melhor do mundo várias vezes", afirmou.

Além do ataque titular formado por Romário e Bebeto, o técnico Carlos Alberto Parreira levou Ronaldo, Müller e Viola para o elenco da Seleção que garantiu o Tetra naquele ano. Nas três Copas seguintes, o Fenômeno marcou ao todo 15 gols e se tornou o jogador brasileiro que mais fez gols em Mundiais, e o segundo maior da história, atrás apenas do alemão Klose, com 16 gols.

Você pode gostar