Nino - LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
NinoLUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
Por O Dia
Rio - Apesar de Odair ter deixado o Fluminense rumo aos Emirados Árabes, o clima nas laranjeiras ainda é muito bom. Vivendo boa fase e lutando por uma vaga na libertadores, o Tricolor, agora sob o comando de Marcão, tem tudo para manter a boa campanha no brasileiro.
Antes de se despedir, Odair entrou na brincadeira do "Odair do TikTok", iniciada por seu sósia venezuelano. Radicado nos Estados Unidos, o sósia caiu nas graças da torcida tricolor, ganhou camisa do clube e virou meme e torcedor do Fluminense e como se não bastasse tudo isso, desafiou o Papito para dançar com ele caso o time se classificasse para a Libertadores de 2021. Infelizmente, o "dueto" teve que ser cancelado com a saída de Odair.
Publicidade
Mas quem achou que a dancinha não iria acontecer, se enganou. Em sua despedida no CT Carlos Castilho, Odair dançou em frente aos jogadores. Porém, não há vídeos da cena, apena uma foto registrado pelo fotógrafo do clube. Entre os atletas privilegiados de estar presente no momento, estava Nino, um dos responsáveis por cobrar o ato do treinador antes do adeus. Coube ao zagueiro, em entrevista coletiva nesta sexta, contar sobre o momento e matar um pouco da curiosidade da torcida:
" Foi algo proposto pelo grupo (risos). A gente também tinha essa vontade, essa curiosidade de ver ele fazendo a dancinha do "TikTok". E ele, um cara 100% gente boa, muito do bem e muito brincalhão, não hesitou. Ficou muito parecido com o sósia (risos). Foi algo marcante, uma descontração no momento em que estava todo mundo triste pela despedida. Foi muito legal, a gente vai guardar o Odair na memória. Eternamente grato ao que ele fez por nós", revelou.
Publicidade
Após jogar com Marcão em 2019, Nino acredita que a capacidade de gerir o vestiário e deixar o clima leve pode ser encontrada tanto nele quanto em Odair. O zagueiro, portanto, aprovou a escolha de Marcão como sucessor no cargo.
"Tive o prazer de trabalhar com Marcão e Odair, são dois grandes profissionais. O Marcão fez um ótimo trabalho ano passado, tenho certeza que vai dar sequência aqui com a gente. É um cara que já conhece muito bem o elenco, o grupo e o trabalho que vinha sendo feito pelo Odair. Então tenho certeza que foi uma ótima escolha para dar sequência ao que vinha sendo feito. A gente está muito feliz por isso, é um cara que deixa o ambiente muito leve, tem uma identificação grande com o clube, é referência para nós jogadores. (...) Odair tinha o grupo nas mãos, a gente perdeu um grande amigo, mas sabe da qualidade do Marcão, que é respeitado e provou fazer um ótimo trabalho", afirmou.
Publicidade
No domingo o Fluminense entra em campo no clássico contra o Vasco, às 20h30, em São Januário, em partida válida pela 25ª rodada do Brasileirão. Em caso de vitória do Fluminense e derrota do Grêmio, o tricolor das laranjeiras pode ficar no G4.