Primeiro grupo de selecionados para o Hospital Dr Ernesto Che Guevara

Os profissionais que foram selecionados para área administrativa do hospital farão o mesmo processo de contratação na próxima sexta-feira (01/05).

Por O Dia , O Dia

Primeiro grupo de selecionados para o Hospital Che Guevara
Primeiro grupo de selecionados para o Hospital Che Guevara -
Maricá - A Prefeitura de Maricá deu início nesta quarta-feira à primeira convocação dos selecionados no processo seletivo para trabalhar no Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara. Os cerca de 300 aprovados entregaram a documentação para a realização do exame admissional. Deste total, 245 fazem parte da equipe técnica de enfermagem. Os convocados começam o treinamento e o processo de ambientação na próxima segunda-feira com os respectivos responsáveis dos setores.

Os profissionais que foram selecionados para área administrativa do hospital farão o mesmo processo de contratação na próxima sexta-feira (01/05).

Os candidatos selecionados serão contratados por seis meses, com a possibilidade de renovação por mais seis ou até ser finalizado o combate ao vírus, desde que o prazo não ultrapasse dois anos. Mais de cinco mil pessoas se inscreveram na seleção que vai preencher 427 vagas para diversos cargos como técnicos de enfermagem e pessoal de apoio – maqueiros, auxiliares de almoxarifado, de farmácia, de necrotério e de rouparia, além de funcionários dos setores administrativos do hospital.

Moradora da cidade e técnica de enfermagem, Juliana Venâncio, 36 anos, contou que todo processo foi muito rápido e mostrou satisfação com o novo emprego. “Eu moro em Maricá e vejo como a cidade está crescendo. Estou muito feliz por ter sido contemplada nesse processo seletivo e estou confiante que vamos trabalhar pelo bem estar da população e ajudar a vencer a Covid-19”, disse.

“Esse hospital vai ser muito importante para a cidade e conseguir uma contratação no mercado durante a crise em que o mundo se encontra é muito gratificante, sinal que a cidade continua em evolução mesmo diante das dificuldades que todo mundo está passando. Eu sempre quis trabalhar aqui no meu município e essa oportunidade veio em um excelente momento”, destacou Maria Antônia Costa Bezerra, 40 anos, moradora de Inoã, também técnica de enfermagem.

Diego Figueiredo, 35 anos, técnico de CTI e morador de Itaboraí, afirmou estar feliz em poder trabalhar na cidade. “O processo de inscrição foi muito tranquilo, uma amiga me indicou, eu me inscrevi e quando o resultado saiu estava na lista. Gosto muito da cidade e sempre venho aqui para aproveitar as praias e passear. Agora vou ter oportunidade de trabalhar aqui, estou muito feliz”, contou.

Aprovado para o cargo de almoxarife, Jorge Luís, 38 anos, disse estar feliz por ter sido selecionado. “Estou aqui hoje para abraçar a oportunidade que o município está me proporcionando já que eu me encontrava desempregado. Vai ser de grande valia e eu estou muito grato por poder estar aqui e agregar valores nesse hospital que vai poder atender tantas pessoas”, ressaltou o morador de Rio Bonito.

Comentários