Cidade retorna à bandeira laranja durante o feriado

Medidas mais restritivas de isolamento entram em vigor hoje e vão até segunda

Por O Dia

Barreiras sanitárias para reduzir o fluxo de pessoas no município serão retomadas até domingo em sete pontos considerados estratégicos
Barreiras sanitárias para reduzir o fluxo de pessoas no município serão retomadas até domingo em sete pontos considerados estratégicos -

A cidade de Maricá retorna hoje à bandeira laranja (isolamento social), em função do feriado prolongado de Corpus Christi. A medida vale até a próxima segunda-feira, quando o município voltará à bandeira amarela nível 1, que estava em vigor desde a última quinta-feira e prevê reabertura gradual de algumas atividades econômicas e regras para a utilização de espaços públicos do município.

O retorno à bandeira laranja significa restrição de circulação em locais públicos e de lazer, como praias, lagoas, praças e parques. O funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços também fica suspenso. A exceção fica por conta das seguintes atividades: supermercados, farmácias, hospitais, laboratórios e similares para atendimento de urgência, estabelecimentos bancários e casas lotéricas, lojas de conveniência, mercados, açougues, aviários, hortifrutis, comércios varejistas de alimentação animal e estabelecimentos de varejo e comercialização de produtos alimentícios. Já os bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias, cafeterias e similares voltam a atender somente por delivery. 

BARREIRAS SANITÁRIAS

Durante o feriado, as barreiras sanitárias também serão retomadas em sete pontos estratégicos da cidade. São eles: Estrada dos Cajueiros, Recanto, Cala Boca, Ponta Negra, Ubatiba, Zacarias e Bambuí. O bloqueio entra em vigor a partir das 8h de hoje e vai até às 18h de domingo. Segundo a prefeitura, o objetivo é conter o deslocamento e o fluxo de pessoas no município.

"Os agentes da Guarda Municipal, do Programa Estadual de Integração de Segurança (Proeis) e orientadores de trânsito utilizarão termômetro para verificar a temperatura dos ocupantes do veículo. Aqueles cuja temperatura estiver acima da normalidade, serão encaminhados para os polos de atendimento", diz o subsecretário de Ordem Pública, Rhonaltt Bueno Pereira. 

Segundo ele, os agentes percorrerão os estabelecimentos comerciais para verificar o cumprimento das normas pertinentes à bandeira laranja.

Comércio se adapta no município

Durante a vigência da bandeira amarela nível 1 nos últimos dias, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Petróleo e Portos, Magnun Amado, avalia que os comerciantes se adaptaram às normas com responsabilidade. 

"Estamos observando o respeito às regras e também a adaptação desses comércios à nova realidade, em que é preciso ter o controle de vários critérios para o funcionamento responsável. Além do mais, estamos com equipes do Procon e da fiscalização de Posturas fazendo esse trabalho de conscientização para que possamos, de fato, ter o cuidado necessário para que o comércio volte", diz o secretário.

Segundo Magnun Amado, todos os estabelecimentos autorizados a funcionar devem cumprir as regras de segurança, como o distanciamento social de 1,5m entre as pessoas, reforço da higienização dos equipamentos e produtos, orientação para a utilização de máscaras por todos os cidadãos, além de disponibilizar, na entrada e saída, frasco de álcool 70%. É necessário, ainda, que os comerciantes garantam a circulação de ar com, no mínimo, uma porta ou uma janela aberta e afixem nas lojas comunicados que instruam os clientes e funcionários sobre as normas de proteção.

Comentários