Defesa do Consumidor vistoria falta de produtos e preços abusivos em farmácias

Fiscais constataram ausência de álcool em gel e máscaras de proteção nas drogarias do Centro

Por O Dia

A Secretaria do Consumidor pretende intensificar as fiscalizações nos próximos dias, incluindo farmácias de outros bairros e supermercados
A Secretaria do Consumidor pretende intensificar as fiscalizações nos próximos dias, incluindo farmácias de outros bairros e supermercados -
Niterói - A Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor vistoriou as farmácias do Centro, na tarde desta quarta-feira, para verificar se estão faltando medicamentos ou produtos de higiene essenciais neste período de pandemia de coronavírus. Os fiscais constataram a falta de álcool em gel e máscaras descartáveis de proteção, algo que vem sendo relatado com bastante frequência pelos moradores da cidade através das redes sociais digitais. Em algumas unidades ainda havia luvas descartáveis de borracha à venda - outro item importante à prevenção da Covid-19.
Outro foco da fiscalização era reprimir o aumento abusivo de preços de produtos mais procurados neste momento nas drogarias, porém tal prática não foi constatada nos estabelecimentos vistoriados.

A Secretaria vai intensificar as fiscalizações nos próximos dias, incluindo farmácias de outros bairros e supermercados. Caso constate a ausência de insumos básicos ou majoração de preços, a Prefeitura encaminhará denúncia ao Ministério Público. Denúncias também podem ser feitas pelos próprios consumidores aos telefones do Procon Municipal: 2719-3144 ou 2704-5995, em horário comercial de segunda a sexta-feira.

Comentários