José Paulo Pires (PMN) desiste da candidatura e apoia Deuler da Rocha (PSL) a prefeito de Niterói

Presidente do diretório municipal do PSL, Deuler ainda enfrenta a reivindicação de Carlos Jordy à cabeça da chapa majoritária

Por O Dia

José Paulo Pires, Deuler da Rocha e Alexandre Ceotto
José Paulo Pires, Deuler da Rocha e Alexandre Ceotto -
NITERÓI - Até então anunciado como prefeitável pelo PMN, o delegado de Polícia Civil José Paulo Pires retirou a candidatura ontem (15) e anunciou seu apoio à chapa composta pelo delegado de Polícia Federal Deuler da Rocha (PSL) e o empresário Alexandre Ceotto (Republicanos). A revelação foi feita durante a convenção do PSL, partido cujo diretório municipal é presidido pelo próprio Deuler, que ainda enfrenta a reivindicação - recebida na última segunda (14) do deputado federal Carlos Jordy de ser o cabeça de chapa. 
"Foi muito difícil essa decisão, mas não podia pensar em mim. Tenho que pensar no meu grupo de apoiadores e, sobretudo, em Niterói. Abri mão da minha candidatura por um bem maior, por uma grande mudança que enfrentasse um grupo encastelado no governo de Niterói há 20 anos. Um grupo que não mais representa os interesses lícitos dos niteroienses. Verifiquei que isoladamente não teria chance de enfrentar a máquina. Queria ser candidato, mas seria me apequenar se pensasse só em mim. Deuler da Rocha é um bom homem. Tem história de integridade e eficiência. Confio nele", exclama Pires, aliando-se à chapa Força, Honra e Fé.
Adjunto da Delegacia de Proteção à Infância e Adolescentes de Niterói (DPCA), José Paulo Pires é especialista em Segurança Pública e Justiça Criminal pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em Direito Público pela Universidade Gama Filho (UGF) e em Projetos e Processos em Segurança Pública pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Mestrando em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), ex-presidente da Federação Nacional dos Delegados de Polícia e ex-corregedor assistente da Polícia Civil. O programa Rua Segura que José Paulo coordena nasceu para auxiliar as forças policiais e aumentar a segurança dos moradores, através da adoção de medidas preventivas de segurança, como capacitação de porteiros em segurança condominial. Teve início em Icaraí e vem expandindo em outras regiões do município. Já são mais 1.500 síndicos e porteiros capacitados para auxiliar as forças policiais na prevenção ao crime.

Comentários