Fachada da Unidade - Imagem Internet
Fachada da UnidadeImagem Internet
Por O Dia
Niterói - O diretor-executivo do Hospital Estadual Alberto Torres, José Dídimo do Espírito Santo, foi morto durante uma tentativa de assalto, na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104), na altura do Caramujo, em Niterói, na noite de domingo (4).

De acordo informações preliminares, José Dídimo, que tinha 59 anos e era policial federal aposentado, teve seu carro fechado por quatro bandidos armados. Ao anunciar o assalto, o diretor-executivo do hospital teria reagido, trocado tiros com os criminosos até ser atingido. Os bandidos fugiram em um carro sem levar nada.
José Dídimo chegou a ser encaminhado ao Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), mas deu entrada à unidade já sem vida.

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí foi acionada, realizou uma perícia no local e investiga o caso.