Campanha de vacinação vai até o dia 7 de novembro do Rio - Imagem Internet
Campanha de vacinação vai até o dia 7 de novembro do RioImagem Internet
Por O Dia
Niterói - A imunização está disponível nas salas de vacina localizadas nas Policlínicas Regionais, Unidades Básicas de Saúde e módulos do Programa Médico de Família, de segunda a sexta, das 8h às 17h.
A campanha vai até dia 6 de novembro. As equipes de saúde também vão atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes, caso necessário.
Publicidade

O público alvo da campanha são crianças na faixa etária de 01 a 04 anos 11 meses e 29 dias. É importante que os pais levem a Caderneta de Vacinação dos seus filhos para avaliação da situação vacinal. A vacina é contraindicada para bebês menores de 6 meses de idade e pessoas com imunidade comprometida por conta de doença.

O secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, explica que a imunização já faz parte do calendário e alerta para a importância da vacina.

“As imunizações já fazem parte do calendário vacinal e são oferecidas durante todo ano. É muito importante que os pais levem seus filhos para receber a vacina e avaliar se as cadernetas estão em dia com todas as imunizações”, orienta o secretário.


Atualização da caderneta - Durante o período da campanha as equipes de saúde vão avaliar e atualizar, caso necessário, as cadernetas de vacinação das crianças e adolescentes no faixa etária de 0 a 14 anos 11m e 29 dias.



A doença - A Poliomielite ou “Paralisia Infantil” é uma doença infectocontagiosa viral aguda, caracterizada por quadro de paralisia flácida, de início súbito que acomete, em geral, os membros inferiores. A transmissão ocorre principalmente por contato direto pessoa a pessoa, fazendo-se a transmissão pelas vias fecal-oral ou oral-oral, esta última através de gotículas ao falar, tossir ou espirrar. Em 1989 foi registrado no país o último caso de Poliomielite e em 1994 o Brasil obteve o certificado internacional de erradicação. No entanto, em alguns países a doença ainda é transmitida e por isso ainda há risco de reintrodução do vírus da Pólio no Brasil.



Salas de vacina – Policlínicas Dr. Carlos Antônio da Silva - Rua Jansen de Mello s/nº, São Lourenço; Dr. Sérgio Arouca, Praça Vital Brazil s/nº – Santa Rosa; Dr. Guilherme Taylor March - Rua Desembargador Lima Castro, 238, Fonseca; Dr. Francisco da Cruz Nunes - Rua Ver. Armando Ferreira, 30, Largo da Batalha; Assistente Social Maria Aparecida da Costa - Est. Engenho do Mato s/nº,Itaipu; Dr. Renato Silva - Av. João Brasil, s/nº- Engenhoca; Dr. João da Silva Vizella, Rua Luiz Palmier, 726 – Barreto e Policlínica de Piratininga, Rua Marcolino Gomes Candau, 111, em Piratininga.

Unidades Básicas de Saúde (USB) do Centro, Morro do Estado, Santa Bárbara e Engenhoca

Programa Médico de Família (PMF) e Clínica Comunitária da Família (CCF): Jurujuba, Viradouro, Ititioca, Matapaca, Badu, Cafubá 3, Várzea das Moças Caramujo, Teixeira de Freitas, Vila Ipiranga e Ilha da Conceição.