O sucesso foi tanto que a empresária já está cruzando a Ponte Rio-Niterói e as entregas e pedidos não param
O sucesso foi tanto que a empresária já está cruzando a Ponte Rio-Niterói e as entregas e pedidos não paramImagem Arquivo Pessoal
Por O Dia
Niterói - O coronavírus chegou e muita gente precisou se reinventar. Não foi diferente com Carol El-Bainy, advogada, que atua há mais de dez anos no ramo de festas e eventos (assessoria, cerimonial, decoração e buffet). Quando tudo fechou e o Brasil parou, ela teve 80% de cancelamento dos contratos e ficou desesperada!

“Sempre curti cozinhar, já fiz algumas coisas pra venda há tempos e, no início da pandemia, quando me vi nesta situação mais complicada, deu o ‘start’ de fazer comidas pra fora e, em menos de 48 horas, contei com ajuda de amigos e família, que me estimularam a colocar o projeto em prática”, explica Carol.

Ela tinha 2 mil reais na conta e sem previsão alguma de outra verba. Assim, investiu tudo em compartimentos e comidas. Lançou um cardápio pequeno no automático e ganhou uma logo de uma amiga designer. “Parti para a guerra!”, diz bem humorada.

E, como para trabalhar com comida e atender bem os clientes, é preciso ter carinho, afeto e borogodó para tentar passar por este momento difícil da melhor forma possível, nasceu aí o ‘Borogodó comidinhas caseiras’, que completa 1 ano agora em março.

“Achei o nome divertido e aconchegante”, diz, complementando: “a proposta é uma comidinha caseira, apesar de alguns pratos serem um pouco mais elaborados. Não tenho nenhum curso de culinária, eu observo o paladar de alguns pratos de restaurantes que conheço, observo alguns vídeos e tal, mas crio minhas próprias receitas e brinco que meu tempero é meu borogodó”, afirma.

Ela trabalha em seu apartamento, em uma cozinha americana, com pré-agendamentos! O cardápio é lançado toda a segunda. Alguns pratos se tornaram fixos pela demanda. Outros, ela cria semanalmente, atendendo Niterói, são Gonçalo e Rio de Janeiro.

Ah, e a comida não é congelada! Entrega fresca ou, no máximo, resfriada de véspera, porém, os compartimentos vão a freezer e microondas (de acordo com a necessidade do cliente, já que alguns compram para congelar).