Argumentação é de que atividade física é uma aliada na batalha contra a Covid-19
Argumentação é de que atividade física é uma aliada na batalha contra a Covid-19Imagem Internet
Por O Dia
Niterói - Foi aprovado na quinta-feira (25) um projeto de lei que reconhece o funcionamento das academias de ginástica como parte das atividades essenciais, podendo assim funcionar durante o “superferiado” decretado pelo governo do estado. O projeto, que foi aprovado em primeira discussão em maio do ano passado, voltou à pauta da Câmara de Vereadores após o decreto publicado no Diário Oficial de Niterói de quinta-feira (25) que as “academias de ginásticas, lutas, danças e afins” não foram consideradas como atividades essenciais.
O projeto que permite o funcionamento segue agora para a sanção do prefeito Axel Grael, que pode sancionar ou vetar o projeto. Caso sancione, as academias passam a poder atuar desde que respeitando uma lotação de 40% da ocupação. Contudo, caso o projeto seja vetado, as academias seguem fechadas. A Câmara de Vereadores ainda pode derrubar o veto, mas como a próxima sessão se dará apenas no próximo dia 6 de abril, a medida valeria apenas para as próximas medidas de restrição. Até o fechamento desta edição, o poder executivo não respondeu se pretende sancionar ou vetar a medida.