Por cadu.bruno

Rio - A mãe e o padrasto de um menino de apenas 8 anos foram em flagrante na noite desta segunda-feira, na comunidade de Rio das Pedras, em Jacarepaguá, na Zona Oeste, acusados de tortura. A mulher é acusada de ter incentivado o marido a bater na criança como forma de castigá-lo por uma suspeita de furto.

Menor agredido recebe carinho de policial na saída de delegaciaOsvaldo Praddo / Agência O Dia

Segundo o sargento Carlos Rafael Viola, do 18º BPM (Jacarepaguá), eles foram acionados após informação de violência contra uma criança no interior da comunidade. Eles encontraram o pai do menor acusando o padrasto do filho de agressão. O menino tinha ido ao encontro dele após conseguir fugir das agressões. Os PMs seguiram para a Rua Engenheiro Souza Filho e conduziram o casal suspeito à 32ª DP (Taquara).

Segundo a polícia, a mãe consentiu que o companheiro agredisse o garoto. Com hematomas principalmente no rosto e nos braços, a criança foi encaminhada para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Com o pai, o menor foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), em São Cristóvão, para exame de corpo de delito.

"Pretendo ficar com ele. Considero a atitude deles totalmente errada dando esse tipo de corretivo no meu filho. Independente do que ele fez não justifica. Acredito que é conversando que se educa", disse o pai do menino.

Você pode gostar