Prefeitura anuncia plano B nos transportes

Em caso de paralisação de metrô, será acionado um esquema de contingência, garante secretário

Por thiago.antunes

Rio - Representantes da Prefeitura do Rio apresentaram ontem o plano operacional da cidade para a Copa, e garantiram que o trânsito do município “não vai dar um nó” durante o Mundial, mesmo em caso de paralisação de algum modal de transporte — nem mesmo o metrô. O sistema é o principal meio de transporte dos cerca de 70 mil torcedores que assistirão a cada um dos sete jogos programados para o Macacanã, inclusive a final. Oitocentos e cinquenta mil turistas — 400 mil estrangeiros —, são esperados na cidade. Eles deverão movimentar mais de R$ 1 bilhão em um mês.

“Temos um plano de contingência, baseado em linhas de ônibus e trens, que será amplamente divulgado, caso seja necessário”, afirmou o secretário de Transportes do Rio, Alexandre Sansão. Ele ressalta que o trânsito será monitorado de forma digital, com acompanhamento das 110 rotas usadas por delegações, árbitros e autoridades da FIFA.

Esquema de trânsito para a Copa do MundoArte%3A O Dia

Através de 1,1 mil câmeras, autoridades de segurança receberão informações em tempo real, caso precisem tormar decisões urgentes quanto a deslocamentos de tropas. “Estamos ainda terminando a instalação de outras dezenas de equipamentos no Centro e Zona Portuária, que completarão o circuito Trânsito Digital”, completou o chefe executivo do Centro de Operações, Pedro Junqueira.

Em Copacabana, pelo menos sete câmeras de grande alcance, no topo de prédios mais altos, vão monitorar possíveis distúrbios da ordem pública. Antônio Pedro Figueira, presidente da Riotur, adiantou que a quantidade de turistas aguardada deverá representar 98% de ocupação hoteleira. “O sucesso garantido de eventos já realizados no Rio de Janeiro, como shows internacionais, Réveillon e Copa das Confederações, nos indicam que a Copa também vai encantar a todos”, comentou o secretário. Hoje, no início da noite, está programado o teste do super telão do espaço Fifa Fan Fest, em Copacabana.

Entorno do Maraca terá mudanças em um raio de até 4 km do estádio

O ordenamento urbano, que terá mudanças profundas no trânsito num raio de até quatro quilômetros no entorno do Maracanã e em alguns pontos da cidade, vai contar com mais de 1,6 mil guardas municipais durante os dias de jogos. A Quinta da Boa Vista ficará fechada nos dias de jogos. 

Já em dias de partidas do Brasil, os funcionários públicos federais e municipais vão trabalhar até 12h30. Nos dias 18 e 25, quando há partidas no Maracanã, o feriado começa a partir do meio-dia. No dia 4 de julho (quartas-de-final no Maraca), o feriado será integral.

O entorno do estádio, que terá 60 linhas de ônibus desviadas, terá plano especial, com esquema de trânsito iniciado às 17h do dia anterior de cada jogo. Ambulantes estarão proibidos de circular.
Uma área de estacionamento na Ilha do Fundão, na Zona Norte, foi criada para receber ônibus e vans fretados de outras cidades.

Eles não poderão circular no entorno do Maracanã, que terá 28 áreas de bloqueios. Somente moradores poderão entrar e sair da região, mas utilizando apenas as ruas São Francisco Xavier e Moraes e Silva. As modificações no trânsito, as regras para o transporte público e as recomendações para deslocamentos na cidade podem ser conferidos no site www.rio.rj.gov.br

Alzirão

As interdições para a festa pública durante o jogo do Brasil de amanhã, na Rua Alzira Brandão, o Alzirão, na Tijuca, começam às 14h. As ruas Conde de Bonfim, nos pontos entre as Ruas dos Araújos e Valparaíso, e a Alfredo Pinto serão fechadas entre a Avenida Heitor Beltrão e Rua Pereira Barreto. A previsão de liberação é só às 22h.

Fifa Fan Fest

A prefeitura espera que a Fifa Fan Fest, nas areias da Praia de Copacabana, que ocorrerá durante todos os jogos, reúna 20 mil pessoas amanhã, na estreia da seleção brasileira. Não haverá interdições de trânsito no local.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia