Jovem é assaltada e agredida na Urca

Vítima tentou fugir, mas foi alcançada e acabou apanhando. Segundo testemunhas, bandidos estavam armados

Por clarissa.sardenberg

Rio - Dois homens em uma moto assaltaram e agrediram uma jovem de cerca de 20 anos quando deixava o trabalho na noite desta quarta-feira na Avenida São Sebastião, no bairro da Urca, na Zona Sul. Segundo testemunhas, os ladrões estavam armados. O crime ocorreu por volta das 19h. O caso foi registrado na 10° DP (Botafogo) e a polícia está em busca dos suspeitos. 

De acordo com um morador que acompanhou a vítima à delegacia e não quis ser identificado, a mulher percebeu dois homens suspeitos em uma moto se aproximarem dela e tentou fugir. Ao darem a volta na rua para cercar a vítima pela segunda vez, ela correu para se aproximar de uma moradora que caminhava mais à frente, mas foi alcançada. Um dos homens quis arrancar a bolsa da vítima, que gritou em desespero. Ao resistir às investidas do ladrão, ela foi puxada pelo cabelo, apanhou no rosto e acabou jogada no chão. O morador contou que a jovem não esperava resistir ao assalto e ficou assustada também com a própria reação.

Um homem que subia a rua para estacionar o carro tentou impedir a fuga dos criminosos bloqueando a via, mas um dos bandidos sacou uma arma, ao que o morador recuou.

'Procura-se’ a dupla que vem levando medo à Urca

Conhecida por se localizar na "subida" do Belmonte Urca, a São Sebastião é sem saída e mal iluminada em alguns pontos. Outros moradores relataram ter visto a dupla de motoqueiros rondando outros pontos do bairro antes do assalto.

Reunidos após o susto, moradores reclamavam da falta de segurança que chega ao não mais tão pacato bairro. "Não faz mais sentido morar na Urca se for para ser assim, para abrir mão dessa sensação de segurança", declarou Murilo Farah, de 34 anos.

Na região, é comum ouvir comentários que muitas vezes ao fazer ligações para a guarita da PM, o policial informa que está sozinho no local e não pode deixar a cabine.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia