Operário da Reduc é atingido em explosão na refinaria, diz sindicato

Ele está internado no Hospital Caxias D'Or. Petrobras nega explosão

Por felipe.martins , felipe.martins

Rio - O Sindicato dos Petroleiros de Duque de Caxias (Sindipetro-Caxias) denunciou que o técnico de operação da Reduc (Refinaria de Duque de Caxias), Renato Cesar Nunes, internado no Hospital Caxias D'Or, foi vítima de explosão de uma linha de vapor da refinaria no final da manhã desta quinta feira. De acordo com o Sindipetro, o acidente aconteceu em uma unidade que faz parte do setor de energia e termoelétrica da empresa. Ainda segundo o sindicato, o homem foi atendido no setor de Saúde Ocupacional da empresa e encaminhado para o Caxias D'Or.

De acordo com informações do hospital, o operário está consciente e seu estado de saúde é estável. Ele aguarda para passar por cirurgia no rosto (bucomaxilofacial). Procurada pela reportagem do DIA, a Petrobras negou a explosão. Segundo a empresa, "ocorreu falha em uma válvula de vapor na Refinaria Duque de Caxias (Reduc). Um fragmento da válvula provocou lesão na região do nariz de um funcionário, que está em avaliação médica. Não houve explosão, nem danos ao meio ambiente. As unidades da refinaria operam normalmente, de acordo com os princípios de Segurança, Meio Ambiente e Saúde que norteiam as ações da companhia", encerrando a nota.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia