Três presos e três menores apreendidos com armas e carro adulterado em Acari

Grupo estava em carro adulterado com uma pistola e um revólver. Carro roubado também foi recuperado

Por marcello.victor

Rio - Três pessoas foram presas e três menores foram apreendidos por policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) com um carro adulterado e duas armas, na Avenida Pastor Martin Luther King Júnior, na altura de Acari, na Zona Norte do Rio, na madrugada desta quinta-feira. Uma chave foi encontrada com um dos suspeitos e um carro roubado foi apreendido em Irajá. O grupo é da Favela de Acari.

De acordo com PMs do Patamo 2 do BPVE, por volta de 1h eles faziam um retorno próximo a Avenida Brasil, via patrulhada pelo batalhão, quando suspeitaram de um motociclista. Durante a abordagem, eles receberam denúncias de moradores sobre ocupantes de um Fox branco que estavam praticando assaltos na região.

Um dos homens presos durante ação do BPVE em AcariOsvaldo Praddo / Agência O Dia

Ainda na abordagem, o Siena prata, placa LBM-5753, com seis ocupantes chamou a atenção dos policiais. Entre eles estavam uma menor de 16 anos e outros dois adolescentes, uma jovem e outros dois maiores de idade. Na revista ao veículo foram encontradas uma pistola calibre 40 com três carregadores municiados e um revólver calibre 32 sem munição.

Com um dos suspeitos foi encontrada a chave de um carro. Um dos detidos acabou revelando que ela pertencia ao Fox branco, placa KWD-5753, que estava estacionado na Ceasa de Irajá. O veículo foi recuperado pelos PMs. O carro havia sido roubado em março, na área da 40ª DP (Honório Gurgel). Já a numeração do chassi do Siena que o grupo estava corresponde a placa de um Santana. A polícia investiga a adulteração do veículo.

Na 29ª DP (Madureira), central de flagrantes da região e onde a ocorrência está sendo registrada, Flaviano Silva dos Santos, de 28 anos, assumiu que as armas pertenciam a eles, segundo os PMs. Também foram presos Erick Sobrinho, 18, e Ester Fernandes, 19. Nenhum dos seis suspeitos tinha passagem pela polícia. Todos são moradores da Favela de Acari. Os menores serão encaminhados para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

Material apreendido com grupo em AcariOsvaldo Praddo / Agência O Dia


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia