Homem é preso acusado de molestar criança de cinco anos dentro de ônibus

Acusado de 27 anos responderá pelos crimes de sequestro e estupro de vulnerável

Por paulo.gomes

Rio - Um menino de 5 anos foi vítima de abuso sexual dentro de um ônibus na Avenida Vieira Souto na noite de terça-feira. O agressor foi preso após ter sido flagrado por passageiros que mandaram o motorista parar perto de uma viatura da PM. Revoltados, os passageiros quase lincharam o acusado. Foragido da Justiça, Adriano Vieira de Carvalho, de 27 anos já responde por receptação, furto e homicídio. Agora, também, por sequestro e estupro de vulnerável.

Ele é acusado de pegar a criança, moradora da Favela do Vidigal a entrar no coletivo e abusar do menor. Na 14ª DP (Leblon), o acusado negou o crime, mas como já tinha pendências com a Justiça, ficou preso e foi transferido para o Complexo Penitenciário de Bangu, na tarde desta quarta-feira.

Um trabalho conjunto das polícias Civil e Militar conseguiu localizar, no início da madrugada desta quarta, a família do menor, à qual ele foi entregue depois de exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal.

“Se não fosse pelos policiais das Unidades de Polícia Pacificadora da Rocinha e do Vidigal, não teríamos achado a família. O menino mora com uma tia e com a irmã de 7 anos e estava muito assustado, a ponto de nem mesmo lembrar em que comunidade morava. Ele chegou a dizer que era da Rocinha. O pai dele é desconhecido, e a mãe já morreu”, explicou a delegada Monique Vidal, titular da 14ª DP.

A criança, segundo os parentes, estava desaparecida desde segunda-feira e, agora, a Polícia Civil quer saber se Adriano estava com o menino desde então, o que pode complicar ainda mais a situção dele perante a Justiça.

Caso de estupro

Em fevereiro de 2012, uma estudante de 12 anos foi estuprada em um ônibus no Jardim Botânico quando voltava da escola. Por meio de imagens de câmeras de segurança, o estuprador foi reconhecido e preso. A vítima passou por tratamento psicológico.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia