Policial militar é morto a tiros na Baixada Fluminense enquanto estava de folga

DH analisa imagens de câmeras de segurança para identificar autores do crime e agentes ouviram a esposa do PM

Por nicolas.satriano

Rio - Um policial militar lotado no 5ºBPM (Praça da Harmonia), foi morto com um tiro no tórax, em Mesquita, na noite desta sexta-feira, por volta das 21h30. O sargento José Henrique Friaça Teixeira de Araújo, de 40 anos, estava de folga e teria sido baleado por dois homens em uma motocicleta enquanto dirigia. A mulher dele, que também estava dentro do veículo, não se feriu.

PMs do 20ºBPM (Mesquita) acreditam que José Henrique tenha resistido a uma tentativa de assalto. O crime ocorreu na Avenida Baronesa de Mesquita, uma das principais da cidade, no bairro Vila Emil. Segundo informações, o policial chegou a ser socorrido e levado para o Hospital das Clínicas de Juscelino, mas não resistiu ao ferimento.

A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) assumiu o caso e instaurou inquérito policial para identificar o responsável (ou responsáveis) pela autoria do crime. De acordo com a Polícia Civil, a perícia foi feita no local e no veículo de José Henrique. A esposa do PM foi ouvida na especializada e os agentes recolheram imagens de câmeras de segurança na região para análise.

Outra morte na Baixada

Também na sexta-feira, por volta das 17h30, um suspeito morreu e outro ficou ferido em troca de tiros com policiais militares de Magé. Os PMs teriam sido recebidos a tiros durante patrulhamento de rotina no Vale das Pedrinhas, mas revidaram e houve intenso confronto. Jonathan Martins de Assis, de 18 anos, foi atingido.

Com o rapaz, policiais apreenderam um revólver. Um outro suspeito que trocou tiros com PMs ficou ferido, mas fugiu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia