Corpo encontrado na Praia da Reserva é de professor desaparecido

Familiares de Michael reconheceram informalmente o jovem

Por paloma.savedra

Rio - Familiares do professor de História Michael Cordeiro da Silva, de 30 anos, reconheceram no Insituto Médico Legal (IML) o corpo encontrado na Praia da Reserva, no Recreio dos Bandeirantes, na manhã desta quarta-feira. A bermuda e outros poucos detalhes ajudaram os parentes a reconhecer, embora não oficialmente, como sendo Michael.

Michael é professor de História em um colégio e curso em Nova Iguaçu%2C na Baixada FluminenseReprodução Facebook

Michael estava desaparecido, desde o dia 15, após entrar no mar. Ele estava na Praia da Reserva, no Recreio, com outro amigo comemorando o Dia do Professor. O corpo está em decomposição e o IML ainda fará exames para confirmar a identidade.

A família quer logo o sepultamento e prometeu fazer uma manifestação, na Praia da Reserva, para chamar a atenção sobre o número insuficiente de guarda-vidas na área.

Michael dava aulas de História em um colégio em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O jovem também era casado e muito querido por seus alunos. Nas redes sociais, diversos estudantes compartilham fotos com o professor na sala de aula. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia