Polícia solicita imagens para identificar assaltantes de apartamentos no Leblon

Delegacia pediu imagens de câmeras dos arredores do edifício. Circuito interno de TV do prédio não estava funcionando

Por adriano.araujo , adriano.araujo

A fachada do edifício assaltado no Leblon nesta terça-feiraAlexandre Brum / Agência O Dia

Rio - A 14ª DP (Leblon) trabalha para identificar os assaltantes que invadiram e roubaram pelo menos três apartamentos de um prédio na Rua Aristides Espíndola, no Leblon, na Zona Sul da cidade, nesta terça-feira. A delegada Monique Vidal pediu imagens de câmeras de segurança dos arredores do edifício que possam ter filmado a ação dos criminosos. O prédio assaltado está em obras e o circuito interno de TV não estava funcionando.

De acordo com a 14ª DP, todas as vítimas foram ouvidas, além de testemunhas. A perícia de local também foi realizada e encontrou duas toucas ninjas em um dos apartamentos. Os policiais realizam diligências para localizar provas e testemunhas que possam ajudar na identificação dos autores dos assaltos.

Pânico na rua onde mora ex-governador

Cenas de pânico mudaram a rotinados moradores da Rua Aristides Espínola, no Leblon, a mesma do ex-governador Sérgio Cabral. Dez bandidos encapuzados e armados invadiram o prédio número 11, fizeram os moradores reféns e assaltaram pelo menos três apartamentos, o 302, 401 e 402.

LEIA MAIS: Criminosos invadem prédio no Leblon e assaltam três apartamentos

Os criminosos entraram no prédio por volta das 16h30, e trancaram os moradores no apartamento onde mora o porteiro, no térreo. Segundo um dos investigadores, o pesadelo só acabou por volta das 18h45.

Detalhes da cena do crime ajudam a compreender o caso. O prédio estava em obras, o interfone e o circuito interno de TV não estavam funcionando e a entrada era feita pela garagem.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia