'Daqui a pouco vai ter outro no lugar dele', diz Beltrame sobre Playboy

Em inauguração do Centro Integrado de Segurança Pública de Niterói, Pezão anuncia implantação de UPP na Pedreira

Por tiago.frederico

Rio - José Mariano Beltrame disse nesta segunda-feira que não se pode valorizar "bandidos", em referência a Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, morto no último sábado, numa ação conjunta das polícias Civil, Militar e Federal, no Complexo da Pedreira, em Costa Barros, Zona Norte da cidade. "O Playboy é mais um bandido morto. Não vamos valorizar esses bandidos. Esse foi e daqui a pouco vai ter outro no lugar dele. Também vai chegar a vez dele", afirmou o secretário estadual de Segurança. Ao lado do governador Luiz Fernando Pezão, ele inaugurou o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Niterói, em Itaipu.

LEIA MAIS: 

Após morte de Playboy, 6 mil alunos ficam sem aula na região de Costa Barros

Traficante mais procurado do Rio, Playboy é morto em ação conjunta

O governador adiantou que, após a morte do traficante, o conjunto de favelas da Pedreira será pacificado e disse que seu secretário já tinha intenção de colocar uma UPP. "Dependíamos da contratação de policiais, mas até o primeiro trimestre (de 2016) mais três mil serão contratados", afirmou Pezão, que após o evento no CISP, seguiu para viagem inaugural da nova embarcação da CRR Barcas nesta manhã.

Pezão acrescentou ainda que os agentes "reforçarão batalhões e a Maré". "Nós vamos ter novidades ai e isso eu deixo com Beltrame, com o Pinheiro Neto (comandante-geral da PM) e o Fernando Veloso (chefe da Polícia Civil). Mas isso é um destino natural daquela região e da Baixada", pontuou.

Governador luiz Fernando Pezão fez viagem inaugural da nova embarcacão da CCR Barcas%2C da Praça Quinze à Praça ArariboiaAlexandre Vieira / Agência O Dia

"A morte de Playboy serve para mostrar às pessoas que não vale a pena entrar para o mundo do crime". A operação do último sábado, segundo ele, "só foi possível devido a uma integração maior entre as três polícias". "Tanto que nos últimos quatro dias, três traficantes foram pegos", ressaltou.

Nos próximos dias, o Estado uma varredura na região do Complexo da Pedreira. Sobre a promessa de ataques em vários pontos do Rio após a morte do traficante, Pezão disse que "essas retaliações que os traficantes estão prometendo fazer sempre ocorreram". "Sempre acontece quando uma liderança dessas é pega, mas o governo não medirá esforços para impedir essas ações", concluiu.

Niterói vigiada

O CISP de Niterói terá até 2016 cerca de 600 câmeras, que irão monitor a cidade 24 horas por dia. Além disso, 80 botões de alerta estarão instalados em escolas, nas estações das barcas, em universidades e pontos considerados estratégicos para as forças de segurança do município. Beltrame disse que o aparelho irá "integralizar e otimizar o efetivo da polícia" e que "as três polícias estão trabalhando juntas". Questionado se a segurança pública na Cidade Sorriso irá melhorar, ele disparou: "Isso veremos daqui a algum tempo. O conjunto das decisões passa a ser mais centralizado".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia