Polícia tenta identificar responsáveis por incitação à violência pela web

'Justiceiros' e envolvidos nos arrastões do último final de semana poderão responder por formação de quadrilha

Por paulo.gomes

Rio - A troca de ameaças através da Internet entre os "justiceiros" e os criminosos responsáveis pelos arrastões do último final de semana está na mira da polícia. O delegado Alessandro Thiers, da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), afirmou que está analisando o caso e que os responsáveis poderão responder por formação de quadrilha.

"Temos que analisar caso a caso. A pessoa que criou a página para estimular esse tipo de violência podem até responder por formação de quadrilha. A pessoa que faz ou compartilha o comentário, vai ser responsabilizada também se tiver algum tipo de apologia, de ameaça, ou qualquer outro crime", disse ao RJTV, criticando a postura dos "justiceiros".

"Os que se intitulam os 'justiceiros' são pessoas que querem fazer justiça com as próprias mãos. E essa não é a melhor maneira, já que violência acaba gerando mais violência ainda. O que as pessoas devem fazer, que já estão fazendo é comunicar a delegacia mais próxima", afirma.

Alessandro Thiers afirmou que aguarda a decisão judicial para conseguir identificar os responsáveis pelas ameaças através da Internet. "Nós agimos de acordo com a lei, ou seja, tem que haver a quebra de sigilo de dados para que sejam feitas essas ações. Alguns adolescentes infratores, que também já estão cometendo crimes, estão sendo identificados e serão responsabilizados. Tanto menores quanto os maiores", finaliza.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia