Governo estadual quer dar subsídio de R$ 39 milhões à SuperVia

Em projeto enviado para a Assembleia Legislativa, Pezão alega que o dinheiro é para evitar aumento de R$ 0,30 na passagem

Por O Dia

Rio - O governo estadual, que sofre com a falta de recursos também causada pela queda na arrecadação, quer dar um subsídio que pode chegar a quase R$ 39 milhões à SuperVia. Em projeto enviado para a Assembleia Legislativa, Pezão alega que o dinheiro é para evitar aumento de R$ 0,30 na passagem.

O governo bancaria a dívida da concessionária com a Light que, segundo o projeto, foi causada pelo aumento da energia elétrica — mais de 90% em um ano, segundo a Secretaria de Transportes. De acordo com o governador, a SuperVia passa por “grave situação”, e o endividamento junto à Light pode afetar “a continuidade e a regularidade” dos trens. 

Compensações

Se a proposta passar, a dívida será abatida do ICMS que a Light pagará ao longo de 12 meses. O acordo entre o governo e a SuperVia prevê compensações em caso de desequilíbrio no contrato de concessão. O valor do subsídio foi calculado pela Agetransp.

Dedo-duro

Os fiscais que atuarão no VLT usarão uma maquininha dedo-duro, que verificará se o passageiro validou seu cartão.

Vigilante dos direitos

O Tribunal Superior do Trabalho deu ganho de causa a uma orientadora do Vigilantes do Peso que, por ter engordado, acabara sendo demitida por justa causa. Agora, ela terá direito a indenização trabalhista.

Mulher em dobro

Ciumeira na Alerj: presidente da Comissão da Mulher, a deputada Enfermeira Rejane (PCdoB) está uma fera com a colega Martha Rocha (PSD), que lançou a Comissão Especial para o Empoderamento da Mulher.

Quebra-quebra

Confusão ontem na Câmara de Magé. O tumulto começou com a tentativa do presidente da Câmara, Rafael de Souza, de afastar o prefeito Nestor Vidal (PMDB). Teve até porta de vidro quebrada.

Últimas de Rio De Janeiro