Assessoria nega que esposa tenha levado bacalhau para banqueiro preso

Representantes de André Esteves afirmam que ele não tem direito a mordomias em Bangu 8

Por marlos.mendes

Rio - Por email, a assessoria do CEO do banco BGT-Pactual, André Esteves, receba mordomias na Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu 8), onde está preso por tentar obstruir as investigações da Operação Lava Jato.

Segundo a assessoria de imprensa do banqueiro, ele não comeu bacalhau do Antiquarius levado pela esposa, a ex-modelo Lilian Esteves, mas almoçou o mesmo prato que os demais detentos: moela de frango, arroz, feijão e purê de batatas

Sobre a visita de Lilian Esteves a Bangu 8, a assessoria de comunicação de André Esteves afirma que ela não estava acompanhada do advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, e que passou na catraca com carteirinha, esperou e passou pela revista como as demais esposas de parentes e presos.

Ainda segundo a assessoria, a esposa do banqueiro não foi de carro à penitenciária, mas embarcou no ônibus que leva parentes de presos a diversas unidades para visita.?

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia