Milhares de peixes aparecem mortos na Baía de Guanabara

Equipes do Inea fazem análise para verificar motivo da mortandade dos peixes, que surgiram na Ilha do Governador

Por O Dia

Rio - Pescadores foram surpreendidos por uma cena assustadora nesta quarta-feira, quando milhares de peixes apareceram mortos na Baía de Guanabara, na Ilha do Governador, na Zona Norte. Técnicos do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) realizam uma análise para descobrir as causas da mortandade.  

GALERIA: Milhares de peixes aparecem mortos na Baía de Guanabara

Milhares de peixes apareceram mortos na Baía de Guanabara%2C na Ilha do Governador. Inea investiga causasEstefan Radovicz / Agência O Dia

Em quase sua totalidade estão sardinhas da boca torta, que tem baixo valor comercial, de acordo com pescadores que ficam no pier do bairro. "De ontem para hoje os peixes começaram a aparecer e hoje apareceram muito mais. Por isso desconfiamos de descarte de outros pescadores", disse José Mauro Mendonça, pescador há 30 anos. 

Por volta das 15h, garis da Comlurb começaram a tirar o lixo. Os pescadores contam que a poluição já se tornou uma indesejada companheira de trabalho. “A vantagem aqui é que o peixe já vem dentro de sacos de plástico”, brincou Rosimere Pereira.

Para o biólogo Mário Moscatelli, especialista em gestão de ecossistemas, a situação não é novidade. “Ou fizeram alguma besteira muito grande na Baía, ou foi descarte de peixes. É bom lembrar que há três anos se verifica uma alta mortandade de espécies, e nada foi feito", disse o entrevistado.

O Inea informou que realiza semanalmente análise das águas e nesta quarta-feira já estava agendado o procedimento. Com o aparecimento dos peixes mortos na baía, o instituto informou que faz uma análise mais aprofundada. Na análise preliminar, não constatou anormalidades visuais na água, além de lixo flutuante.

Peixes aparecem mortos na Baía de Guanabara%2C na Ilha do GovernadorMaria Clara Vieira / Agência O DIA

Reportagem de Maria Clara Vieira



Últimas de Rio De Janeiro