Militar é morto na Zona Norte em encontro de bate-bolas

Magno da Silva foi morto ao ser atingido por pelo menos uma bala perdida no abdômen

Por luis.araujo

Rio - O paraquedista do Exército Magno da Silva, de 21 anos, foi morto ao ser atingido por pelo menos uma bala perdida durante um encontro de bate-bola, que ocorria na esquina das ruas Cupertino com Clarimundo de Melo, em Quintino, Zona Norte do Rio, na madrugada deste domingo.

De acordo com informações do comando do 3º BPM (Méier), um homem que participava de uma festa na Rua Cupertino, em Quintino, na madrugada deste domingo, foi baleado e encaminhado para o Hospital Salgado Filho. A vítima não resistiu ao ferimento e morreu.

De acordo com informações da Delegacia de Homicídios da Capital (DH), um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias da morte do militar. A perícia de local foi realizada e o corpo encaminhado ao IML. Agentes estão em diligências na busca de informações e imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a identificar a autoria do crime.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia