Flávio Bolsonaro: Jair Bolsonaro, uma grande ameaça

Os criminosos, sejam aqueles de colarinho branco ou do tipo que portam fuzis e se acham distantes do alcance dos braços da lei, também sentem a ameaça representada por Bolsonaro e sua 'onda' moralizadora

Por O Dia

-

Rio - Efetivamente, aqueles que percebem no presidente eleito uma grande ameaça têm certa razão... Jair Bolsonaro representa uma grande ameaça - em especial se considerado o cenário de degradação ética, moral, econômica e institucional a que o Brasil foi atirado por todos os governos socialistas a que foi submetido.

Afinal, imaginem como irão sobreviver os milhares e milhares de apadrinhados que infestam a máquina pública e as estatais, sem falar em sindicatos e órgãos sobre os quais o governo tenha tido, um dia, o poder de indicar cargos? São como vírus ou bactérias que não se importam, nada, com seus hospedeiros - e apenas sugam recursos voltados à alimentação da estrutura de poder que, em contrapartida, lhes sustenta, não raro, nababescamente!

E quanto às empresas, gordas, ineficientes e mal acostumadas, de tanto "negociarem" com o governo e se fartarem de contratos e recursos públicos? Difícil imaginar como poderão sobreviver sem o universo corrupto ao qual se adaptaram e as benesses de "parcerias" na política e no serviço público!

Não pode ser esquecida a ameaça representada contra os políticos de sempre, habituados a relações sombrias e extremamente vantajosas entre entes públicos, empresas e, até mesmo, com verdadeiras quadrilhas ou grupos de guerrilha! De onde seguirão tirando votos, recursos e força que lhes permita desafiar o Estado?

Da ameaça a muitos artistas, a questão é clara! Serão forçados à sobrevivência sem os ricos benefícios decorrentes da entrega de seus valorizados préstimos ao projeto de poder aboletado no Brasil há décadas

De outro lado, somente alguns burocratas, ou mesmo alguns professores-doutores, são capazes da percepção da ameaça representada contra as universidades públicas, em especial contra a pesquisa! Afinal, as universidades precisam produzir conhecimento e não ensejar desvios voltados à compra fraudulenta de imóveis de luxo!

Os criminosos, sejam aqueles de colarinho branco ou do tipo que portam fuzis e se acham distantes do alcance dos braços da lei, também sentem a ameaça representada por Bolsonaro e sua "onda" moralizadora. Governos estaduais prometem pôr um fim ao desfile de fuzis e ao império da impunidade que se protege e se beneficia das comunidades - sobre as quais impõem regime de terror mais forte que aquele imposto pelos antigos senhores feudais a seus súditos! Afinal, se o crime atemoriza o asfalto, a classe média, imaginem seu poder sobre aqueles que são obrigados à vida sob as batutas representadas pelos canos das armas!

Mas a ameaça vai além, pois a sanha moralizadora e, eventualmente, desestatizante, bem como a proposta de modernizar e aquecer a economia, irá tirar da zona de conforto antigos cartéis empresariais que, mediante uma troca sem fim de cadeiras, dita as regras de ministérios, sugere políticas econômicas e sociais e se farta - apesar do país seguir na mesmice!

A conclusão é que Jair é mesmo uma grande ameaça! Ameaça à desordem, aos que se fartam do dinheiro sugado de hospitais e escolas, daqueles que pretendem destruir as famílias e a liberação das drogas e do aborto... Enfim, a primeira ameaça ao mal que, há décadas, imaginava comandar completamente o Brasil!

Flávio Bolsonaro é deputado estadual e presidente do PSL/RJ

Galeria de Fotos

Flavio Bolsonaro. Foto - Divulgação Divulgação

Comentários

Últimas de Opinião