Italo Ciba - Divulgação
Italo CibaDivulgação
Por O Dia

Rio - Estamos todos muito tristes com mais uma tragédia ocorrida no Brasil. São Paulo ainda está em luto pela morte de 8 pessoas, a maioria adolescentes. Os assassinatos foram cometidos por um menor de 17 anos e um jovem de 25, dentro da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), no dia 13 de março. Em seguida ao ataque, ambos cometeram suicídio.

Outros casos ocorreram no País nos últimos 17 anos: em Salvador (BA), Taiúva (SP), Realengo (RJ), Corrente (PI), São Caetano do Sul (SP), Santa Rita e João Pessoa (PB), e Goiânia (GO).

Uma pesquisa global da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), com mais de 100 mil professores e diretores de escola do ensino fundamental e médio, põe o Brasil no topo de um ranking de violência em escolas. O levantamento é o mais importante do tipo e considera dados de 2013. Uma nova rodada está em elaboração e os resultados devem ser divulgados este ano. Na enquete da OCDE, 12,5% dos professores ouvidos no Brasil disseram ser vítimas de agressões verbais ou de intimidação de alunos pelo menos uma vez por semana. É o índice mais alto entre os 34 países pesquisados.

É preciso ação urgente do poder público para evitar tragédias como essa. Aprovei, na Câmara, a Lei 6.252, de 03 de outubro de 2017, que institui avaliação psicológica para alunos da Rede Municipal do Rio de Janeiro no início de cada ano letivo e a cada semestre. Trata-se de ferramenta de investigação que norteia o olhar do psicólogo no que se refere à condição emocional de um paciente. É fundamental para detectar precocemente problemas de adaptação social, cognitivos e doenças que possam dificultar o aprendizado, além de comportamentos agressivos.

Como a Lei 6.252 ainda não foi regulamentada pela Prefeitura do Rio, encaminhei requerimento de informação à Secretaria Municipal de Educação indagando sobre a previsão para a sua entrada em vigor. Não podemos esperar novos casos de violência nas nossas escolas para que o poder público tome uma atitude!

Italo Ciba é vereador pelo Avante-RJ

Você pode gostar
Comentários