Marcos Espínola: A vida pela profissão

A vocação de um trabalhador, seja de que área for, é sempre algo digno de admiração.

Por O Dia

opina2310
opina2310 -
Rio - A vocação de um trabalhador, seja de que área for, é sempre algo digno de admiração. Mas quando esse dom se soma ao talento e a uma entrega total, na qual o profissional não mede esforços para o exercer o seu ofício, o sentimento deve ser de reconhecimento e digno de homenagens. Os bombeiros que morreram no incêndio da Whiskeria Quatro por Quatro no último final de semana deram suas vidas na tentativa de salvar outras, demonstrando o valor de uma profissão centenária e que detém o respeito de toda a sociedade.

O primeiro sargento Rafael Magalhães F. Alves, o segundo sargento Geraldo A. Ribeiro e os Cabos José Pereira de S. Neto e Klerton G. de Araújo merecem ser citados nominalmente pela bravura e valentia com as quais enfrentaram o incêndio e, incessantemente buscaram salvar vidas a todo custo.

Para muitos a tragédia causa estranheza, afinal, não é sempre que uma ocorrência acaba com um resultado lamentável desse, com a perda de vidas de profissionais altamente preparados, qualificados e treinados para as situações mais adversas. É inegável que não é muito comum, mas a perícia a ser realizada no imóvel por profissionais do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), responsáveis pelo caso, certamente trará algumas respostas não só da causa do incêndio, mas as hipóteses mais prováveis para a perda dos quatro bombeiros.

No entanto, com todo o respeito a perícia que é necessária e legítima, independente do que for revelado, nada será superior e mais justificável do que a dignidade de profissionais dispostos a enfrentarem o perigo e qualquer adversidade para preservar a dignidade física de cidadãos e salvar vidas, independente de quem seja. A profissão de bombeiro militar é uma das mais valorizadas e de extrema visibilidade e credibilidade perante a sociedade. São eles verdadeiros heróis, admirados, estimados e apreciados por crianças e as pessoas em geral.

Entretanto, além de enaltecer a vida desses profissionais é necessário também fazer um exercício de reflexão quanto a prevenção de toda a sociedade. O verão está chegando e com ele vem as fortes chuvas. Desabamentos e soterramentos são recorrentes e precisamos de uma vez por todas ações de prevenção por parte das autoridades. Assim diminuirão os acidentes e consequentemente a vida de todos, inclusive, dos bombeiros serão preservadas.
*Marcos Espínola é advogado criminalista
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

opina2310 arte o dia
Marcos Espínola Divulgação

Comentários