Geraldo Peçanha: Uma vida de mentira

O uso consciente de internet tornou-se o maior desafio para as famílias brasileiras

Por O Dia

opina0511
opina0511 -
Rio - O uso consciente de internet tornou-se o maior desafio para as famílias brasileiras. Não é exagero considerar que entre drogas, sexo e violência, o uso exagerado de internet passou a ser o maior problema em todas as camadas sociais.

Um em cada quatro adolescentes brasileiros é dependente de internet, aponta recente estudo publicado pela Universidade Federal do Espírito Santo. A situação é tão preocupante que pais têm procurado ajuda profissional nos consultórios, diante da total incapacidade em lidar com a situação.
Eles estão perdidos e, certamente, o exemplo de mau uso foi visto pela criança ou pelo adolescente dentro do próprio lar, daí advém parte do problema. Muitas vezes psicólogos e educadores alertam os pais para o uso de álcool em casa justamente porque filhos, cujos pais fazem uso freqüente dessa substância, apresentam maiores familiaridades com elas, e no final das contas entre o acesso e a dependência o caminho acaba encurtando. No caso do uso excessivo de internet, como controlar se pais e mães também utilizam de forma errada?
Penso que o caminho seja primeiro a família assumir que tem um problema. E, nesse caso, isso pode ser comprovado quando pais e filhos não sentam juntos para fazer as refeições, brincar, ver um filme ou desenvolver um jogo. Isso é sintoma de que se perdeu a convivência. Depois de vista a situação, é necessário que sejam tomadas medidas restritivas, para todos, em diferentes proporções: pais precisam de mais tempo de uso em função de trabalho, crianças precisam de menos tempo em função das atividades escolares, e todos precisam de um tempo comum para lazer. É importante que ajustes sejam feitos para atender as restrições, e elas são importantes em quaisquer casos de dependência: o processo de desintoxicação exige não cortar totalmente, mas restringir aos poucos. Isso é mais sustentável e saudável, até se atingir o limite esperado.
Por outro lado, há uma questão menos prática, porém de igual importância, o uso de internet e redes sociais ocupa um espaço livre na vida das pessoas. Se elas não tem outra oportunidade de convivência, a vida on line entra em voga sempre que a vida real não acontecer. O caminho para solução total do problema é sempre repensar onde deixamos de fazer os laços humanos e passamos a optar pelos nós. E, como sabemos, nos amarram e os homens precisam de liberdade.
*Geraldo Peçanha é psicanalista 

Galeria de Fotos

opina0511 arte o dia
Geraldo Peçanha Divulgação

Comentários